Tábata Amaral participa do #FalaIEMA na próxima quinta-feira (9)

A jovem Tábata Amaral de Pontes, de 23 anos, participa nesta quinta-feira (9), às 9h, do #FalaIEMA, momento em que o Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) recebe profissionais e autoridades com contribuição de relevância à sociedade. Esta edição do evento acontece na Unidade Plena de Timon.

Tábata foi estudante de escola pública na periferia de São Paulo e conseguiu estudar na universidade Harvard, nos Estados Unidos, onde adquiriu seu diploma de graduação em Ciências Políticas e Astrofísica.

Desde que voltou ao Brasil, a jovem está envolvida em um projeto social que ajudou a fundar: o Mapa Educação, que busca mobilizar jovens para que a educação seja prioridade no debate político. Tábata também trabalha em um fundo de educação de uma empresa multinacional em São Paulo.

A possibilidade de morar e estudar no exterior começou a se desenhar quando Tábata teve a oportunidade de deixar a rede pública. À época ela tinha sido destaque na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) e ganhou uma bolsa no Colégio Etapa.

O colégio também bancou moradia e alimentação da estudante porque sua casa ficava distante, e os pais não podiam arcar com a despesa. Lá viu os horizontes se alargarem e ouviu pela primeira vez sobre a possibilidade de fazer faculdade fora do país.

Quando enfim escolheu Harvard, Tábata também tinha sido aceita por outras cinco universidades americanas, entre elas Caltech, Columbia, Princeton e Yale.

“O #FalaIEMA com a Tábata Amaral será de grande relevância para os estudantes, visto que ela é um exemplo de mulher que vem de família simples, da periferia e conseguiu concluir sua graduação em uma universidade no exterior”, diz o reitor do IEMA, Jhonatan Almada.

“É uma grande honra tê-la para dialogar com nossos alunos, tendo em visa toda a sua trajetória como intelectual e pesquisadora com ampla produção no campo da educação, da ciência e tecnologia”, acrescenta.

O #FalaIEMA com Tábata será transmitido ao vivo pelas redes sociais do IEMA.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.