Maranhão é um dos primeiros em vacinação de gestantes contra H1N1

O Maranhão está entre os primeiros lugares no ranking de vacinação em gestantes contra a Influenza H1N1 no país. O estado possui um dos maiores números de grávidas imunizadas, faltando cerca de 10% para o alcance da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) que é de 80%. Até a manhã desta quinta-feira (15), foram imunizadas 91.507 gestantes, correspondendo a quase 70% de um total de 131.199, segundo dados do Ministério da Saúde. São Luís lidera o ranking estadual, já tendo atingido a meta e alcançado o número de 25.244 vacinadas.

Uma das dificuldades enfrentadas para atingir mais rapidamente a meta é o envio fracionado das doses da vacina contra a Influenza A para atender à população estimada em cada uma das etapas da campanha. “Devido às distâncias territoriais, as secretarias municipais encontram dificuldades para abastecer, com a rapidez necessária, os estoques, sobretudo na zona rural”, explicou a coordenadora estadual da campanha de vacinação, Mildes Mendes.

Apesar do período de vacinação para este grupo já ter sido encerrado, de acordo com o calendário do Ministério, o Maranhão continua vacinando as gestantes. “Elas são mais suscetíveis a desenvolverem a forma mais grave da doença e podem tomar a vacina normalmente, independente do mês em que se encontra a gestação”, ressaltou a coordenadora. 

Se a gravidez foi descoberta depois do período voltado para as gestantes, a mulher pode procurar os postos de saúde destinados ao seu grupo para tomar a vacina, sem precisar comprovar a gravidez. Em São Luís, para tomar a dose, a gestante deve procurar o Centro de Saúde Paulo Ramos ou as maternidades Marly Sarney e Benedito Leite, portando a caderneta de vacinação.

Calendário de vacinação

Até o dia 23 deste mês, estão sendo imunizados jovens de 20 a 29 anos. No dia 24 de abril terá início a Campanha Nacional de Vacinação do Idoso. Pessoas com mais de 60 anos vacinam-se contra a gripe comum. Aquelas com doenças crônicas também serão vacinadas contra a gripe pandêmica. Esta etapa será encerrada dia 7 de maio.

A última etapa da Campanha de Vacinação H1N1, de acordo com o Ministério da Saúde, vai acontecer no período de 10 a 21 de maio e atingirá a população de 30 a 39 anos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.