Iema promove Torneio Juvenil de Robótica

O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) promove, de 23 a 25 de novembro, no Golden Shopping, Calhau, a final nacional do Torneio Juvenil de Robótica (TRJ). A abertura do evento será realizada às 18h.

Na oportunidade devem participar 150 equipes do país inteiro, essas equipes venceram as etapas estaduais do campeonato. No âmbito do Iema, participam da competição 17 equipes entre unidade plena de São Luís, Pindaré-Mirim e Bacabeira.O evento é organizado pela Pró-reitoria de Pesquisa, Inovação e Extensão do Iema (Propex).

Esta é a segunda vez que o evento acontece no Maranhão, o primeiro foi realizado na unidade plena de Pindaré-Mirim graças ao apoio e empenho que o Governo do Estado vem direcionando a esta área. Desta vez o evento contará com a presença do Robozão.

De acordo com o reitor do Iema, Jhonatan Almada, o evento sintetiza a importância da robótica educacional para os jovens. “O estudo da robótica contribui para o aprendizado de física, matemática e outras áreas do conhecimento através da ludicidade da experimentação prática que ela propicia. Os alunos são desafiados a construir seu próprio robô e a programá-lo e, a partir disso, eles também mobilizam o conhecimento de outras áreas para aprendizagem. A robótica faz parte do currículo do Iema e é um dos diferenciais importantes que nós oferecemos aos nossos estudantes para que tenham uma formação de qualidade”, disse o reitor.

O pró-reitor de Pesquisa, Extensão e Inovação do Iema, Dario Soares, reiterou a relevância do evento. “É um prazer estarmos organizando esse evento de tão grande importância, sobretudo na área educacional. É o nosso segundo torneio nacional e é mais uma vez um destaque do Iema com o envolvimento na área da robótica.”

Para o coordenador de Práticas Experimentais em Robótica do Iema, Fabio Aurélio, o torneio veio para consolidar o trabalho realizado com a robótica. “É a realização de um sonho que começamos e conseguimos envolver a todos. Na etapa estadual conseguimos englobar todas as unidades que estão aptas a competir e praticando robótica de alto nível. Temos professores qualificados que passaram por formação e iremos começar a segunda etapa para que os professores obtenham muito mais qualificação para trabalhar a robótica educacional em todas as unidades. Estamos ansiosos para esta etapa”, contou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: governo do estado

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.