Governo dialoga com prefeitos do Munim a efetivação da Região Metropolitana de São Luís

Nesta quinta-feira (30), o presidente da Agência Metropolitana (Agem), Pedro Lucas Fernandes, visitou as cidades de Icatu, Rosário e Presidente Juscelino, que integram a Região Metropolitana de São Luís. A intenção é dialogar com os gestores da Região do Munim a respeito das políticas públicas comuns às 13 cidades. É de interesse desses municípios participar do processo de metropolização, embasado na governança interfederativa, que ganhou força com a Lei Complementar 174/2015.

Em Icatu, distante 115 quilômetros da capital, o presidente da Agem foi recebido pelo prefeito José Ribamar Moreira Gonçalves (Dunga), que destacou as vantagens da integração entre os 13 municípios. “Com essa metropolização, a cidade e o povo icatuense só têm a ganhar e nossa gestão está disposta a somar”, pontuou o gestor.

O prefeito Magno Teixeira, de Presidente Juscelino (distante 85 km da capital), falou sobre as demandas da cidade. Uma delas, é a necessidade de um plano de resíduos sólidos e o plano diretor.

A equipe da Agem também conheceu as necessidades da cidade de Rosário (distante 75 km da capital). A prefeita Irlahi Moraes (PMDB) deu total apoio às políticas de ações integradas, como o plano de resíduos sólidos, o plano diretor (que muitas cidades estão tentando implantar) e a conferência que será realizada no segundo semestre deste ano. Além disso, a cidade de Rosário será sede do primeiro seminário que a Agem vai realizar nos municípios da região metropolitana, a partir de 15 de abril.

“Estamos numa fase inicial, de ouvir as demandas de todas as cidades, para depois buscar meios de resolver as questões comuns. O governo do Maranhão quer ampliar esse diálogo, porque entende que a metropolização é um passo importantíssimo para o desenvolvimento de toda a região”, finalizou o presidente Pedro Lucas Fernandes.

 

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.