ELOGIADO PLANO DE ROSEANA QUE INTERLIGA MUNICÍPIOS

O líder do governo, deputado Francisco Gomes (DEM) elogiou  o pacote rodoviário, lançado  pela governadora Roseana , com o objetivo de recuperar e redimensionar a malha viária do Maranhão. “É um plano brilhante, que vai propiciar a interligação dos municípios e garantir a livre circulação de nossas riquezas”, enfatizou da tribuna da Assembleia.

O plano concebido pelo governo do Estado possui metas de curto, médio e longo prazos, devendo ser iniciado já neste ano e concluído em 2012. Num primeiro momento serão recuperadas as estradas que se encontram em péssimas condições de tráfegos, depois pavimentadas as vias que interligam sedes de municípios e por último construídas novas rodovias, o que deve alterar significativamente o traçado rodoviário do Maranhão.

Gomes fez questão de destacar o trabalho do secretário Max Barros no comando da pasta da Infra-Estrutura. “Com propriedade e fundamento ele fez um plano brilhante”. Parte das obras será feita com os recursos do empréstimo de R$ 288 milhões, contraído junto ao BNDES.

De forma detalhista, Chico Gomes descreveu as intervenções previstas no programa para o biênio 2009-2010, cerca de 966 quilômetros de estradas a serem recuperados. “Aqui em São Luís, a partir do retorno da Forquilha a São José de Ribamar; depois no interior de Presidente Vargas a Leito; de Matões do Norte a Cantanhede; de Vargem Grande a Nina Rodrigues; de São Bernardo a Pirangi; de Chapadinha a São Bernardo, de Pindaré a Santa Inês, de Timbiras a Codó, e de Coroatá a Timbiras”. O mapa das obras alcançam ainda Cujupe em direção a Alcântara; depois entre Coelho Neto e Lago Verde e Cajapió e São Vicente de Férrer.

O líder esclareceu que todas as obras serão feitas seguindo as recomendações legais. Lembrou que os editais de licitação já estão publicados e que as empresas terão que se credenciar e participar das licitações, como manda a lei. “Vamos ver quem tem as condições e quem oferece as melhores vantagens para que essas rodovias possam ser restauradas”.

No segundo estágio do plano, que prevê a pavimentação de estradas que interligam sedes de municípios, o líder do governo citou nominalmente os trechos entre Nova Colinas e Fortaleza dos Nogueiras, Genipapo dos Vieiras ao entroncamento da BR-226, de Centro Novo a Maracaçumé, de Porto Rico à entrada da MA-304 que liga Mirinzal a Cedral.

Outro conjunto de obras contempla os trechos que interligam Bacuri a Apicum-Açu; Caxias a Aldeias Altas, Urbano Santos a Belágua; Água Doce ao entroncamento com a MA-014; e de Vitorino Freire a Altamira. No total serão 583 km de novas rodovias asfaltadas em todo Estado até 2010. Segundo Chico Gomes, o plano de recuperação rodoviária prevê a aplicação de recursos da ordem de R$ 368 milhões até 2012.

Segundo o líder do governo, o plano de recuperação rodoviário, mais os programas de investimento na Saúde e Educação e as ações de valorização do servidor público constituem o vértice da política do atual governo, cujo meta é promover a retomada do desenvolvimento do Maranhão. “Sem dúvida essas ações projetam um novo horizonte para o Estado, com economia forte e justiça social”.

Ao examinar a política de valorização do funcionalismo público, Chico Gomes fez questão de lembrar o fim do subsídio para as categorias de menor poder aquisitivo, que, segundo ele, redundou em ganhos salariais para esse universo de servidores. Também citou o caso da Polícia Militar,que reivindicava equiparação salarial com a Polícia Civil. “Aí está a Medida Provisória restabelecendo este salário, este subsídio, para os nossos policiais militares, porque eles têm que ser regidos pela lei do subsídio efetivamente”.

Citou ainda o caso dos auditores fiscais, que se encontravam em greve deste outubro de 2008. “O Governo restabeleceu um salário digno para os auditores do Estado”. A política de valorização do governo beneficiou também os servidores do gripo Atividades de Nível Superior, que inclui médicos, engenheiros, assistentes sociais, dentistas, e tantos outros profissionais de graduação. “Eles tinham um salário muito achatado, o governo anterior deu um aumento de 12% a estes servidores, e o governo aplicou sobre este aumento mais de 30%, melhorando assim remuneração desses servidores”.

Em aparte, o deputado Marcelo Tavares (PSB) disse que os programas lançados pelo governo chegam em um momento oportuno, assim como o reajuste dos servidores público,que ele classificou como “muito bem-vindo”. “Acho que é uma medida acertada, pode ser que esta Casa até melhore um pouquinho essa Medida Provisória se assim for possível, mas também quero elogiar, é uma decisão acertada de fazer principalmente essa reparação em relação à Polícia Militar”.

Segundo Tavares, as ações em curso pelo governo provam que o Estado nunca esteve quebrado. Ele enalteceu o trabalho de recuperação das finanças a partir do governo José Reinaldo, com destaque para o desempenho dos ex-secretários Simão Cirineu e Azzoline, “que resgatou a capacidade de arrecadação do Estado”

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.