Edivaldo: bactéria que atacou a Saúde tem nome, Murad

O deputado Edivaldo Holanda (PTC), ao usar a tribuna da Assembléia Legislativa, na manhã desta terça-feira (8), afirmou que a superlotação ou bactéria que atacou o Hospital Materno Infantil tem origem certa: “Se superlotação, a culpa é da desastrosa administração do atual governo através da presença descontrolada de Ricardo Murad à frente da pasta da Saúde”, declarou o deputado.

Ele acrescentou que “se realmente for uma bactéria que esteja causando o fechamento do Materno, ela tem nome e não atacou apenas o Materno Infantil, mas todo o sistema de saúde do Estado. Esta bactéria tem ceifado a vida de crianças e levado a intranqüilidade a milhares de famílias no Maranhão. Esta bactéria é altamente nociva e está no controle do poder do Estado. Ela é Ricardo e não adianta murar os hospitais e clinicas porque ela continuará atacando sem piedade”.

Em seu discurso, Edivaldo Holanda observou que a atual situação dos hospitais públicos no Maranhão reflete a situação de desgoverno e do descontrole do sistema de saúde do Estado, patrocinado pela governadora Roseana Sarney.

De acordo com o deputado, a distribuição dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) está sendo realizada de forma eleitoreira no Estado, em detrimento da saúde do povo maranhense. Em São Luís, segundo Edivaldo Holanda, o Hospital Materno Infantil “está superlotado, sufocado e de portas fechadas” e no município de Caxias, foram cortados recursos da ordem de mais de meio milhão de reais por mês.

Edivaldo Holanda lembrou que há algumas semanas o prefeito Humberto Coutinho falava quase que em tom de desespero denunciando a situação da saúde no município de Caxias, diante da iminência de crianças ali morrerem por falta de recursos médicos.

“Lamentavelmente, nós vivemos uma situação de um governo sem cabeça, um governo que não tem direção, um governo que diz que cuida das pessoas, mas que na verdade sonega a elas os mais comezinhos direitos, os princípios mais importantes que estão assegurados na Constituição Federal garantindo a todos, por exemplo, a segurança, o direito à saúde, à vida, e tudo isto vem sendo negado por este governo que alardeia que cuida das pessoas”, afirmou o líder oposicionista.

Ele reafirmou a denúncia de que continuam sendo veiculadas na mídia propagandas enganosas do governo, custeadas pelo erário público. “O que se assiste na TV, e é divulgado nos jornais e nas emissoras de rádio é uma campanha desigual, é um tiroteio injusto na direção de pessoas. Trata-se da propaganda na mídia à custa de peso de ouro”, afirmou Holanda.

Ao encerrar seu pronunciamento, o deputado Edivaldo Holanda ressaltou que a história vai cobrar caro desta mídia oficial que sonega informações que deveriam ser prestadas ao povo. “Mas nós marchamos para um momento importante na vida do Maranhão. Nós marchamos para um dia em que os maranhenses poderão todos dar uma resposta contundente aos desmandos implantados pelo TSE em nosso Estado. Com certeza, o Maranhão saberá escolher bem nas próximas eleições. Porque chega de sofrimento, chega de abandono, chega de sofismas, chega de meias verdades que no final das contas são uma mentira inteira”, ressaltou Edivaldo Holanda.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.