CPI da Pedofilia apura dois casos nesta quinta-feira

Dois casos devem entrar na pauta da Comissão Parlamentar de Inquérito de Combate à Pedofilia e Abuso Infantil na tarde desta quinta-feira (22). A reunião de trabalhos da CPI acontece no Plenarinho da Assembleia Legislativa a partir das 15h.

O primeiro caso é uma acusação contra o prefeito da cidade de Tutóia, Raimundo Nonato Abraão Baquil. Através de uma denúncia feita por meio do Disque 100, o prefeito é acusado de envolvimento com duas adolescentes entre 13 e 14 anos de idade em troca de presentes.

A denúncia chegou à CPI durante a audiência pública realizada em Tutóia na última sexta-feira (16/4), por meio da Promotoria de Justiça da cidade.

De acordo com a promotora Samara Pinheiro, a denúncia contra o prefeito foi feita no fim do ano passado no Disque 100 da Secretaria Especial de Direitos Humanos e também por meio de contato anônimo dias antes da CPI do Combate à Pedofilia ir até o município.

O segundo caso é de um dono de uma boate de São Luís que tem atividades no interior do estado que é acusado de prostituição de menores. Os acusados estão sendo aguardados para prestar esclarecimentos à CPI sobre as denúncias.

CPI EM BACABAL

Amanhã a Comissão Parlamentar de Inquérito estará na cidade de Bacabal para realizar uma audiência pública sobre o combate à pedofilia no Maranhão. O evento acontece a partir das 9h, na Câmara Municipal.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.