Continuam as buscas aos advogados que desapareceram em voo de ultraleve

José do Vale Filho e Júlio César de Moraes desapareceram no domingo (9).
Eles estavam na cidade de Arari a passeio e retornavam para a capital.


Uma ultraleve com dois advogados identificados como José do Vale Filho e Júlio César de Moraes desapareceu na tarde de terça-feira (9) no Maranhão.

Segundo informações de Lacerda, amigo da família de José do Vale e capitão do Corpo de Bombeiros do Maranhão, os dois advogados estavam passeando pelo o município deArari, a 165 km de São Luís, e retornavam para a capital quando teve início uma chuva. Com o temporal, a família acabou perdendo o contato com eles e a aeronave desapareceu.

“Eles foram passear em Arari e já estavam a caminho de São Luís. No último contato, por volta de umas 16h30, eles nos disseram que estava chovendo muito forte. A partir daí perdemos o contato com eles dois”, relata Lacerda.

Ainda conforme o oficial, o clima é de apreensão na família, já que José do Vale Filho é considerado um piloto experiente. Lacerda acrescenta que é a primeira vez que o advogado desaparece com a sua aeronave. “A aeronave é dele. Estamos muito ansiosos e preocupados porque ele é acostumado a pilotar. Durante todos esses anos essa foi a primeira vez que aconteceu um desaparecimento”, finaliza.

Parte da aeronave foi encontrada em uma região de mangue, perto da ilha de São Luís. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, de Belém – no Pará, está investigando o caso. As buscas de José do Vale Filho e Júlio César de Moraes estão sendo acompanhadas pelo Centro Tático Aéreo (CTA).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.