Com investimentos do Governo, mais de 200 pacientes deixam fila de espera por radioterapia

Fonte: SES
Texto: Benaya Ewerton
Foto: Julyane Galvão
29/01/2021

De novembro de 2020 até janeiro deste ano, o Governo do Estado já possibilitou a saída de 235 pacientes da fila de espera por radioterapia. Os pacientes da rede pública de saúde foram beneficiados por um contrato realizado entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Hospital São Domingos. O objetivo é ampliar o acesso dos pacientes oncológicos ao tratamento gratuito e, assim, zerar a fila de espera do Hospital Aldenora Bello.

O secretário adjunto de Assistência à Saúde da SES (SAAS/SES), Carlos Vinicius, considera que a iniciativa é de grande relevância, pois agiliza o atendimento aos pacientes. “Há cerca de dois meses firmamos este contrato para o tratamento de pacientes que necessitavam de radioterapia. O volume de atendimento é mais que um número, são pessoas que saem da aflição da espera e renovam a esperança na vida”, destaca o secretário Carlos Vinícius.

Uma das pessoas beneficiadas com o investimento foi a dona Maria Helena da Cruz, 78 anos. A aposentada está na sua 12ª sessão de radioterapia. “Depois que eu fiz a cirurgia para a retirada de um câncer de mama, tinham 200 pessoas na minha frente. Quando eu menos esperava, recebi a ligação do hospital para iniciar meu tratamento e hoje já estou na 12ª das 20 sessões de radioterapia que tenho que realizar”, diz a aposentada.

Dona Maria Helena elogia ainda a iniciativa do Estado. “Estou achando muito boa essa iniciativa, pois se eu tivesse que esperar para iniciar meu tratamento, iria esperar muito e aqui estou sendo muito bem assistida, não tenho do que reclamar”, relata.

Outra paciente que não esconde a felicidade em poder iniciar seu tratamento é a dona de casa Maria de Jesus Serra, 62 anos. Ela conta que já fez a primeira consulta e está nos últimos ajustes para iniciar o tratamento com aproximadamente 20 sessões de radioterapia.

“Assim que fiz a cirurgia de retirada do tumor em dezembro do ano passado, me informaram que eu teria que aguardar por pelo menos 10 meses para iniciar o tratamento, pois tinham muitas pessoas na minha frente. E graças a essa parceria, já fiz minha primeira consulta e hoje estou aqui já para simular o procedimento”, comenta a dona de casa.

Os pacientes do SUS atendidos na rede particular através do contrato são regulados pela Central de Regulação da SES, eles são chamados a partir da atual fila de espera para o procedimento. De acordo com a posição da fila, os pacientes são remanejados tanto para o Hospital Aldenora Bello quanto para o Hospital São Domingos, que atualmente são as unidades de referência em radioterapia em São Luís.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.