Adolescente mata e joga corpo de criança de 9 anos dentro de freezer

Foi presa  na noite desta terça – feira,(6), em Candeias, Região Metropolitana de Salvador, a adolescente suspeita de matar o vizinho, Adonay Rafael Alves dos Santos  de nove anos. De acordo com informações da 20ª Delegacia Territorial, de Candeias, a adolescente foi levada à unidade pelo próprio pai, após ele encontrar o corpo do garoto no freezer de casa. A vítima estava desaparecida desde segunda-feira (5) e, segundo a polícia, a suspeita chegou a ajudar nas buscas pela criança.

thumb1260319180
Adonay morto covardemente pela adolescente

A família do garoto registrou a queixa do desaparecimento na mesma noite do desaparecimento  e a polícia realizou buscas no bairro. A suspeita inicial era de que a criança teria caído em uma boca de lobo. Conforme a polícia, a adolescente confessou que matou o menino por estrangulamento. A menor também disse que é usuária de drogas.O pai da garota encontrou o corpo da criança detro de um  freezer, na noite de terça, depois de sentir mau cheiro ao chegar em casa. Segundo a polícia, o corpo foi encontrado em estado de gigantismo. A adolescente está apreendida na 20ª DT e deverá ser encaminhada para uma unidade de detenção de menores em Salvador adolescente_crime_editada

O corpo de Adonay Rafael Alves dos Santos foi achado por Fábio Pereira dentro do freezer de casa, na noite de terça-feira (6). Nesta quarta-feira (7), a casa de Fábio da Silva Pereira foi incendiada pelos vizinhos após a descoberta do assassinato de Adonay Rafael Alves dos Santos.

De acordo com o delegado Marcos Laranjeira, titular da unidade de Candeias, a garota teria planejado o sequestro da criança para conseguir R$ 600 de resgate para comprar drogas.

“Quando eu cheguei da rua, do trabalho, percebi que tinha alguma coisa com mau cheiro em casa. E, quando eu fui olhar, o corpo da criança estava dentro do freezer. Aí eu ‘apertei’ e ela confessou. Ela disse que colocou o menino lá junto com uma colega”, revelou o ajudante de pedreiro. O pai ainda contou que conversou com familiares da vítima. “Eles entenderam que eu não tive qualquer participação na morte do menino”, apontou. Fábio Pereira relatou que a filha disse estar arrependida do crime. “Vou esperar, chamar por Deus e pedir forças”, comentou emocionado.

 

 

Fonte: G1

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.