Vereadores participam de ato em defesa do piso salarial dos médico

Os vereadores Fábio Câmara (PMDB), Rose Sales (PP),  Gutemberg Araújo (PSDB), Estevão Aragão (SD) e Manoel Rego (PTdoB), membro da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de São Luís (CMSL), participaram na noite de quarta-feira (20) de reunião com entidades de classes dos profissionais médicos com o objetivo de debater o novo piso salarial da categoria.

Durante o encontro, realizado no auditório do Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM-MA), os profissionais apresentaram aos parlamentares, dados da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), que propõe o novo piso salarial, no valor de R$ 11.675,94 para 20 horas semanais de trabalho.

Um dos organizadores do ato, o médico ortopedista pediátrico Alan Garcês, abriu o encontro ressaltando que são fundamentais as melhorias na remuneração do médico, que atualmente é a profissão que goza de maior confiança da população.

“ É sabido que a má remuneração do médico é um dos pontos que fragilizam o sistema de saúde. A proposta da FENAM define o piso salarial do médico no serviço privado, mas, por uma questão de mercado, o governo terá que acompanhar esta remuneração na esfera pública e por isso, precisamos contar com o apoio dos membros da bancada do Maranhão na Câmara, dos deputados estaduais na Assembleia e dos vereadores na Câmara de São Luís”, afirmou.

Conhecedor da situação médica brasileira, o vereador Gutemberg Araújo (PSDB), que também é médico, disse durante o evento, que o Brasil precisa de salários dignos para melhorar saúde pública.

“A chave para melhorar as condições da saúde pública no país depende da necessidade de mais subsídio para a saúde. A dedicação dos médicos nos hospitais públicos não é integral. Ao contrário, até em hospitais públicos bons, os médicos dedicam poucas horas do dia (ao hospital) e acabam tendo de trabalhar na rede particular”, declarou.

Ao defender a valorização dos médicos, o vereador Fábio Câmara (PMDB), aplaudiu a iniciativa das entidades em debater a questão. Ele vê como uma necessidade urgente a melhoraria da remuneração e valorização dos profissionais como fator de extrema importância.

“Valorizando o médico, melhoramos a saúde, porque entendo que um serviço de qualidade passa pela remuneração e valorização dos profissionais. Eles poderiam estar em seus consultórios, ganhando mais, atendendo planos particulares, mas muitos deles preferem cumprir a missão da humanização da medicina atuando no serviço público, por isso, precisam ser valorizados”, disse.

 

AUDIÊNCIA VAI DEBATER O TEMA

No encontro, a vereadora Rose Sales (PP) propôs uma audiência pública para discutir na Câmara de São Luís a proposta do piso salarial dos médicos.

 

“A luta em favor do piso salarial dos médicos tem que ter caráter suprapartidário, para que tenha chance de ser efetivada. Por isso, vamos propor uma audiência pública na Câmara de São Luís para discutir a proposta de forma ampla com categoria e com todos os envolvidos no processo”, pontuou.

O ato foi prestigiado também pelo deputado Levi Pontes (SD) que representou a Assembleia Legislativa no encontro e pelo ex-vereador João Bentivi (PRTB). Todos os parlamentares que participaram da reunião se comprometeram em lutar por melhorias na saúde no estado.

 

Texto: Isaías Rocha

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.