Universitários do Pitagoras e UNDB são presos por assaltos no bairro Bequimão

Foto: Divulgação/DRF

 Três jovens, sendo dois estudantes de ensino superior, foram detidos nesta terça-feira (3), suspeitos de praticarem um assalto no bairro do Ipem Bequimão, em São Luís.

Foram presos: Pedro Henrique Magno Cardoso, 19 anos, estudante de Engenharia Civil em uma faculdade particular de São Luís; Alexsandro Pereira Diniz, 20 anos, também estudante de Engenharia Civil em outra instituição de ensino superior na capital; e Rauny Franklin dos Santos Silva, 24 anos, que é dono de uma galeteria na Vila Isabel Cafeteira.

“No sábado à noite, quatro pessoas estavam na porta da residência delas no Ipem Bequimão. Elas estavam conversando, quando apareceram quatro indivíduos em um veículo Ford Ka de cor vermelha de placa NXO-8504. Três indivíduos desceram do carro, renderam as vítimas e subtraíram quatro celulares, cordões e pulseiras de ouro que as vítimas possuíam. Em seguida, se retiraram do local”, explicou o delegado Cláudio Mendes, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), em entrevista à rádio Mirante AM.

Ainda de acordo com o delegado, por meio de imagens de câmeras de segurança foi identificada a placa do carro utilizado pelos criminosos. Com posse dessa informação, a polícia começou a fazer as buscas aos suspeitos, que foram encontrados nesta terça (3).

“Hoje nós fizemos a abordagem nas residências deles. O primeiro foi no Jardim São Cristóvão, que é o Pedro Henrique. Nós chegamos através da placa do carro (usado no crime), que está no nome da mãe do Pedro Henrique. A partir daí nós conseguimos identifica-lo e trazer aqui pra delegacia. Logo em seguida, fomos para o bairro da Vila Isabel Cafeteira e lá conseguimos efetuar a prisão de mais dois dos indivíduos”, explicou o delegado.

Cláudio Mendes confirma que dois desses três jovens fazem faculdade particular. Em depoimento, os suspeitos afirmaram que esse foi o primeiro assalto cometido por eles.

“São estudantes de Engenharia, cursos caros. Eles dizem que esse foi o único assalto que fizeram, porque são jovens e deu aquilo na cabeça deles. Eles venderam os celulares e logo em seguida fizeram uma festa na casa do Pedro Henrique, já que os pais dele estavam viajando. Foi com o dinheiro do assalto que eles compraram bebidas e ficaram comemorando”, disse o titular da Delegacia de Roubos e Furtos.

Os três jovens foram autuados pelos crimes de formação de quadrilha e roubo qualificado. O quarto suspeito de participar do crime foi identificado como Leonardo Matos Brandão, 20 anos, e deve ser preso nas próximas horas.

De acordo com o delegado Cláudio Mendes, é grande o índice de crimes dessa modalidade em diversos bairros de São Luís. “Infelizmente hoje, aqui em São Luís, não é mais possível fazer isso (ficar até tarde na porta de casa). Até mesmo em cidades do interior está complicado. A qualquer momento pode passar um criminoso e assaltar as pessoas”, alerta o delegado.

Imirante.com

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.