Site que conecta voluntários e alunos da rede pública passa a receber pedidos de professores

Visitas serão programadas para outubro; expectativa é que a presença da comunidade diversifique o cotidiano das escolas.

 

 

Desde de terça-feira (18), a plataforma Quero na Escola, que conecta alunos de escolas públicas a voluntários dispostos a atenderem seus pedidos, decidiu estender essa ligação ao professor. Pelo segundo ano consecutivo, docentes de todo o Brasil podem fazer seus próprios pedidos por aulas ou atividades culturais dadas por profissionais de fora, nas suas respectivas unidades da rede pública. Pode tanto ser para ensinar algo aos próprios professores ou para promover uma atividade aos estudantes.

Os pedidos serão divulgados para pessoas que entendem do assunto e podem promover uma atividade para os educadores e/ou seus alunos. As visitas serão programadas para outubro, mês dos professores, e a expectativa é que a presença da comunidade possa diversificar o cotidiano das escolas.

Como funciona

 

Ao se inscrever em queronaescola.com.br/professor, o educador diz em que área atua e o que gostaria de aprender ou levar à sua escola. Podem ser aulas sobre um software ou alguma arte, uma atividade esportiva ou cultural, como também pode ser um profissional que enriqueça um projeto da escola ou da sua turma.

Os pedidos ficam disponíveis no site por assunto e no mapa e são divulgados pela rede do Quero na Escola. Voluntários que entendem do assunto e gostariam de contribuir, fazem a inscrição no mesmo site e a equipe do Quero na Escola conecta as pontas com a escola, para que a visita seja aproveitada da melhor maneira possível.

O Quero na Escola continua aberto o ano todo para qualquer estudante dizer o que mais gostaria de aprender além do currículo já existente em sua escola. As atividades ocorrem em paralelo. Para os alunos o site é queronaescola.com.br

FONTE:G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.