Sem saber, motorista atropela e arrasta por corpo por 2 km

O motorista Natanael Inocêncio  de Carvalho, 62 anos, natural de São Luis, atropelou na madrugada desta quinta-feira (2)  Paulo César Costa Oliveira, 44 anos,  dono do Posto Lava Jato Brasil, localizado na Avenida Ataliba Almeida, em Chapadinha.

Natanael, que trabalha com frete, contou que  a vítima estava na garupa de uma moto e acabou caindo.

“Eu estava atrás da moto e foi tudo muito rápido, pensei que eu tivesse passado por cima da perna dele. Fiquei  com medo de parar no local e socorrer a vítima. Então, segui para o posto Alvorada III, onde durmo para seguir viagem para São Luis pela manhã”, disse o motorista. Investigadores e policiais militares constaram que Paulo César ficou preso  embaixo do veículo, e seu corpo foi arrastado por cerca de 2 km do Vemasa até o Alvorada III. Os policiais  descartaram  a hipótese de que tenha havido um homicídio.

Natanael relatou que não percebeu que o corpo estavam embaixo do carro e seguiu normalmente para o local onde passa a noite.

“Não percebi nada, segui normalmente para o posto. Estacionei o carro e fui dormir. Pela manhã, quando fui dar marcha ré no carro, percebi que tinha um corpo. Aí, liguei para polícia e contei a situação”,  finalizou o motorista.

Natanael Inocêncio de Carvalho foi indiciado pelo delegado Jorge Silva Mota Filho, titular do 1º DP de Chapadinha,  por homicídio culposo (sem intenção de matar).

Com informações do Blog CN1 e texto editado por Gi Portalmotorista

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.