Sedihc participa de apoio técnico à Gestão Descentralizada do SUAS

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) participou, esta semana, da 1ª Reunião Estadual de Apoio Técnico à Gestão Descentralizada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), no âmbito estadual.

A reunião teve como objetivo fortalecer o Sistema Único de Assistência Social, com a intenção de aprimorar a gestão, serviços, programas, projetos e benefícios socioassistencias oferecidos a população aos municípios do Estado. Participaram da reunião 159 municípios e 242 representantes, entre eles, secretários, gestores, assessores, técnicos de assistência social, coordenadores de CRAS, psicólogos entre outros profissionais inseridos no projeto.

De acordo com a secretáriaadjunta da Sedihc, Agenilma Gomes, o plano técnico configura uma estratégia que tem como objetivo maior fortalecer o Sistema Único de Assistência Socialcom a intenção de aprimorar a gestão, os serviços e os projetos beneficiados. “Atendendo as principais ações executadas pelo plano, o Maranhão ficou em segundo lugar no Brasil com o preenchimento do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SISC) SIS”, enfatizou Agenilma Gomes.

As principais estratégias da gestão do plano é dar apoio técnico aos municípios na estruturação dos sistemas municipais de assistência social, na gestão do cadastro único e do programa bolsa família. Portanto, as metas são: apresentar na Comissão Intergestores Bipartite de Assistência Social do Estado do Maranhão (CIB – MA) o plano anual de apoio técnico aos municípios para o alcance das metas do Pacto de Aprimoramento do Suas, além de  apoiar por inteiro, os municípios no alcance das metas e participar dos encontros trimestrais com as equipes  do MDS.

Segundo a secretária Municipal de Coroatá, Neuza Muniz, o apoio técnico é uma oportunidade dos municípios estrarem alinhados em relação aos serviços e programas implementados pelo SUAS. “É uma forma de efetivar com sucesso e atender todos os municípios pelos serviços socioassistencias”, afirmou Neuza Muniz.

O Maranhão consegui atingir a meta de 93% da capacitação instalada para atendimento de crianças, adolescente, idosos, adultos e pessoas com deficiência que foram inseridas e cadastradas no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SISC) SIS, dentro do prazo estipulado, 16 de Junho.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.