Sampaio perde de novo e se complica ainda mais na série B

Na briga contra a zona de rebaixamento, o Joinville se aproveitou neste sábado da estrela do meia Carlos Alberto para reagir na Série B do Campeonato Brasileiro. Na estreia do técnico Lisca no lugar de Hemerson Maria, o time catarinense venceu o Sampaio Corrêa por 2 a 0, na Arena Joinville, em Joinville (SC), e respirou mais aliviado nesta 15.ª rodada, enquanto que o adversário voltou para a lanterna.

Agora o time catarinense tem os mesmos 14 pontos do Bragantino, primeiro time no descenso, e afastou uma sequência de seis jogos sem vitórias, com dois empates e mais quatro derrotas consecutivas. Do outro lado, o Sampaio Corrêa se mantém com 10 e fica a dois do Tupi, que venceu o Ceará na última sexta-feira e chegou aos 12 pontos.

O time da casa começou pressionando desde os minutos iniciais em busca do gol que inauguraria o placar em Santa Catarina. Tanto que, aos 11 minutos de bola rolando, Carlos Alberto se aproveitou de uma falha da zaga adversária para receber sozinho e bater com força no canto do goleiro Rodrigo Ramos.

Pouco tempo depois, aos 15 minutos, foi a vez de Diones ficar cara a cara com o goleiro, mas bateu por cima da meta. A bola só foi tocar o fundo das redes mais uma vez aos 42, quando Reginaldo apareceu em liberdade pela lateral direita e cruzou para Carlos Alberto, que dominou, girou e fuzilou para o gol.

Na volta do intervalo, os dois times se organizaram priorizando a marcação. O Sampaio Corrêa acertou o meio de campo, mas pecava na saída de bola sem criatividade, explorando principalmente as laterais do gramado. Já o time da casa priorizou as duas linhas de quatro, com Heliardo mais avançado no contra-ataque.

Com muita disputa pela posse de bola no meio de campo, o jogo caiu de rendimento na segunda etapa. Aos 36 minutos, o volante Matheus Bertotto chegou a discutir com Lucas Sotero por uma falta, mas o árbitro soube controlar os ânimos.

Mais uma vez os dois times terão uma semana de preparação para voltar a campo na briga da Série B. O Sampaio Corrêa receberá o Bahia no estádio Castelão, em São Luís, apenas na sexta-feira, às 21h30. O Joinville viaja para São Paulo no sábado e enfrenta o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 21 horas.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 2 x 0 SAMPAIO CORRÊA

JOINVILLE – Aranha; Reginaldo, Rafael Donato, Ligger e Diego; Matheus Bertotto, Diones (Thomás)(Murilo), Naldo, Everton Silva (Cléo Silva) e Carlos Alberto; Heliardo. Técnico: Lisca.

SAMPAIO CORRÊA – Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Luiz Otávio, Wagner e Renan Luís; Felipe Baiano, Renan Ribeiro (Paulo Marcelo) e Lucas Sotero; Elias, Pimentinha (Rayllan) e Edgar (Jean Carlos). Técnico: Wagner Lopes.

GOLS – Carlos Alberto, aos 12 e aos 41 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Diego, Matheus Bertotto e Carlos Alberto (Joinville); Felipe Baiano (Sampaio Corrêa).

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA – R$ 55.360,00.

PÚBLICO – 4.887 pagantes.

LOCAL – Arena Joinville, em Joinville (SC).

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.