Desabafamdo em rede social : Pastora pede mais respeito

Logo depois de a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informar que o pastor Felipe Heiderich, suspeito de abuso sexual contra o enteado de 5 anos, permanecerá preso por falta de tornozeleira eletrônica até que o juiz decida se ele seria liberado sem equipamento, a pastora Bianca Toledo, mulher do acusado, publicou uma imagem em Instagram pedindo silêncio e respeito.

A mulher escreveu: “Peço a todos que respeitem meu momento. No que pude alertá-los, já o fiz. As mídias exploram o assunto porque é o trabalho deles. Eu não quero mais falar sobre o ocorrido comigo e com minha família nesse momento. Os que são espirituais apenas orem sem cessar porque é o que cabe a nós fazer: Vamos aguardar a justiça de Deus e dos homens”.

Segundo o Extra, Bianca afirmou que se esforçará para se manter com energia para seguir os próprios trabalhos: “Eu não tenho medo. O mesmo Deus que me livrou da morte é aquele que me guarda sob as asas da justiça e da verdade”, disse a pastora.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.