Romero diz que perdeu seleção com Tite e se anima com troca no Timão

Autor do segundo gol do Corinthians na vitória por 2 a 1 contra o Santa Cruz, na noite de sábado, Ángel Romero admitiu que vinha trabalhando com a possibilidade de deixar o clube caso não voltasse a receber chances no time titular com o técnico Tite. Escalado novamente entre os 11 com o técnico Cristóvão Borges, recém-chegado ao clube, o paraguaio volta a se animar.

– Estava um pouco triste porque não estava jogando, sou o artilheiro do time (10 gols em 2016). É f… você ficar fora, mas acontece. Falei que se viesse uma proposta eu ia conversar com minha família e empresário. Agora, com a troca do treinador, ele confia no meu trabalho, valoriza meu trabalho, fico feliz por isso – afirmou o atacante.

Com Tite, Romero chegou a ganhar algumas oportunidades na temporada, mas não conseguiu emplacar jogos em sequência, como aconteceu com outros jogadores. Na visão de quem trabalha com ele, o gaúcho não via Romero como titular. Por ser reserva no Timão, o jogador deixou de ser convocado para a seleção paraguaia, onde joga o irmão Óscar.

Questionado se, na visão dele, Tite não o valorizava como deveria, Romero tentou amenizar a primeira declaração.

– Não falei isso, só que acho que ele preferia outros jogadores. Respeito seu trabalho, respeito o Tite, mas, como falei, minha carreira também está na frente, tenho de olhá-la. É difícil para um jogador não jogar, você perde ritmo, perde muita coisa, eu perdi a seleção, mas agora estou feliz por estar jogando – dissrib_5622 (1): Surpreso com reserva, Guilherme dá recado: “Achei que não era para sair”

Com Cristóvão, Romero foi titular na derrota por 2 a 1 contra o Atlético-MG, em Minas, quando jogou como centroavante, e na vitória de sábado contra o Santa, quando jogou pela direita. Em Itaquera, marcou um gol e teve atuação bem melhor. E por ali pretende ficar.

– A maioria dos gols que fiz foi jogando pelos lados, me sinto mais cômodo por lá, de frente ao gol. É sso que quero, no um contra um, fico feliz de estar jogando assim. Se o Cristóvão precisar de mim como centroavante, não tem problema. Mas onde fico com mais vontade é pelos lados.

De folga neste domingo, o Corinthians volta a treinar na segunda-feira e enfrenta o América-MG na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Independência, pela 12ª rodada do Brasileirão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.