Rivaldo esquece aposentadoria para ajudar Mogi Mirim na Série B

Sem atuar profissionalmente desde março de 2014, Rivaldo está de volta aos gramados. Com contrato até o fim da temporada com o Mogi Mirim, o presidente do clube passou a treinar com o elenco nesta segunda-feira para ajudar a equipe na Série B do Brasileiro. Inicialmente, o pentacampeão mundial espera que o contato diário com os jogadores sirva de motivação, mas a tendência é que atue em algumas partidas sob o comando de Ailton Silva no decorrer da competição nacional.

Mesmo afastado dos gramados por 15 meses, Rivaldo tem treinador com o elenco do Sapo sempre que possível. A rotina, inclusive, era mais constante quando o técnico era Edinho Nascimento. Aos 43 anos, o presidente do clube já tinha deixado no ar por meio das redes sociais a possibilidade de voltar aos campos como atleta profissional. Em abril, logo após o Paulistão, ele questionou os fãs sobre a opinião deles em relação à possibilidade de reassumir a camisa 10 do Sapo: “O que vocês acham?”.

Na nota oficial, Rivaldo garante que seu aproveitamento nos jogos da Série B vai depender de sua condição física. Um problema no joelho, além da idade avançada, foi o principal motivo para que ele anunciasse a aposentadoria no ano passado. Agora, o pentacampeão espera que ao longo dos treinamentos não sinta qualquer tipo de incômodo para estar em campo pelo Sapo e, assim, voltar a atuar ao lado do filho Rivaldinho, assim como ocorreu pouco antes do fim da carreira.

A campanha do Mogi na Série B preocupa o presidente. Em oito jogos, o time ainda não venceu e tem o pior aproveitamento entre os 20 times. Com três pontos, o Sapo é o lanterna após empatar três vezes e ser derrotado em outras oito partidas. Na semana passada, Rivaldo se envolveu em mais uma polêmica com o torcedor do clube ao anunciar que os ingressos para os jogos seriam reajustados em 500%, passando de R$ 20 para R$ 100 a partir desta sábado, contra o CRB.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.