Professora aproveita Black Friday e compra equipamentos para creche

Naiana Rodrigues vai inaugurar uma creche na Zona Norte de Teresina.
Consumidores aproveitaram para comprar eletrodomésticos e bebidas.

Os descontos atrativos da Black Friday movimentaram lojas e supermercados e fizeram muitos consumidores acordarem mais cedo nesta sexta-feira (25) em Teresina. Um dos consumidores que ‘madrugou’ para aproveitar as promoções foi a professora Naiana Rodrigues que aproveitou para comprar aparelhos de ar-condicionado para creche que vai abrir.

“Vou inaugurar uma creche no bairro Água Mineral, na Zona Norte de Teresina, e com as promoções eu consegui comprar oito splits, uma televisão e móveis de escritório. Eu já tinha que comprar de qualquer forma para a inauguração, mas o Black Friday facilitou bastante”, disse a professora.

O empresário Maicon Magalhães comprou bebidas para festa de Natal (Foto: João Cunha/G1)
O empresário Maicon Magalhães comprou bebidas
para festa de Natal (Foto: João Cunha/G1)

 

O empresário Maicon Magalhães, 32 anos, contou com a ajuda de amigos para garantir as bebidas da festa natalina que promove todo ano.

Wanda Alves aproveitou a promoção para renovar a cozinha (Foto: João Cunha/G1)
Wanda Alves aproveitou a promoção para renovar
a cozinha (Foto: João Cunha/G1)

“Já é a segunda vez que venho na loja, desde ontem procuro as bebidas, mas como não encontrei retornei hoje mais cedo. Consegui levar somente seis caixas de bebida, mas na verdade eu queria 12, só que não dá pra levar por conta do limite de 12 litros dado pela loja. O jeito é mandar os amigos virem comprar mais”, disse o empresário.

A cabeleireira Wanda Alves está aproveitando a promoção para realizar o sonho de renovar a cozinha. Ela chegou bem cedo para garantir os produtos e até agora já comprou 5 eletrodomésticos, além de utensílios. Ela garante ainda, que vai levar mais coisas porque quer a cozinha com tudo novo. Ela levou a mãe e a irmã para ajudar a levar as comprar para casa.

O economista Bill Batista disse que começou a pesquisar 15 dias antes da data para poder comparar os preços no dia. “Os preços estão realmente muito bons, mas nesse período de recessão não dá pra sair gastando. Tem que ser consciente”, lembrou.

O senhor Antônio Pedro, de 50 anos, contou que tem uma lojinha na Vila Irmã Dulce e sempre aproveita as promoções do Black Friday para abastecer o estoque.

Lojas lotam com as promoções do Black Friday (Foto: João Cunha/G1)
Lojas lotam com as promoções do Black Friday (Foto: João Cunha/G1)

Produtos, finalidade e pagamento
Pesquisa realizada pela Ebit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, mostra que os produtos com maior intenção de compra devem ser das categorias eletrônicos (34%), eletrodomésticos (28%), telefonia e celulares (27%), informática (23%) e casa e decoração (13%).

Das aquisições esperadas na Black Friday, 44% devem ser feitas com o intuito de antecipar as compras para o Natal. Além disso, 59% são para uso próprio, 24% para familiares, 14% para presente e 3% com outras finalidades.

Levantamento do Mercado Livre mostra que neste ano a maioria dos brasileiros diz estar disposta a pagar à vista se os descontos oferecidos forem agressivos. Em 2015, a mesma pesquisa mostrou um comportamento totalmente contrário. O parcelamento era a forma de pagamento mais utilizada.

Consumidor deve estar atento
Mas em meio a tantas “tentações”, o consumidor deve ficar atento a possíveis maquiagens de preço, segundo os especialistas em varejo e direito do consumidor. Deve também certificar se o site em que ele vai comprar é realmente confiável e se os preços informados incluem frete e são para pagamento à vista ou a prazo. E prestar atenção ao prazo de entrega, por exemplo.

O número de reclamações na Black Friday apresentou queda de 63% no ano passado em relação a 2014, segundo levantamento do site Reclame Aqui. Foram 4,4 mil queixas, um terço do volume em 2014, quando foram registradas 12 mil. A maquiagem de preços, que consiste em subi-los antes da Black Friday para baixar no dia da promoção, liderou o ranking.

FONTE: G1

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.