Prefeitura promove mais uma edição do Peixe nos Bairros

Programa tem como objetivo oferecer ao consumidor ribamarense pescado com preços menores, além de beneficiar o pescador e agricultor, afastando dos mesmos a figura do atravessador.
 
Oferecer à população de São José de Ribamar pescado de qualidade com preços bem menores em relação aos praticados nos mercados e feiras da Grande Ilha. Com este objetivo, a administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) continua realizando semanalmente o programa Peixe nos Bairros, cuja última edição aconteceu na noite de terça-feira (05) no bairro Alto Turu.
Durante mais de quatro horas, foram comercializados pescados variados e outros produtos, tais como hortaliças e frutas, por exemplo, oriundos dos pequenos agricultores e pescadores ribamarenses, que evitam a figura do atravessador e, por este motivo, podem oferecer um preço mais barato ao consumidor.
O produto é transportado até o local onde a feira itinerante acontece no Caminhão Feira do Peixe, veículo adaptado para transportar, armazenar e comercializar até 3,5 toneladas de pescado. O transporte dos comerciantes que participam do programa também é oferecido gratuitamente pela Prefeitura.
Neste momento, o Peixe nos Bairros está sendo realizado semanalmente no Cohatrac V (toda segunda-feira), Alto do Turu (terças), Parque Jair (quartas), Parque Vitória (quintas) e Parque São José (sextas), sempre a partir das 18h. E a previsão é de que, em breve, o programa seja expandido para outras regiões de São José de Ribamar.
Para o comerciante Alisson Silva (Paraíba), a feira itinerante realizada na Avenida Principal do Alto do Turu foi aprovada unanimemente pelos moradores, que adquiriram produtos variados, de qualidade e a preços bem acessíveis. “Além disso, tudo é bem limpo, as bancas são higienizadas, todos os feirantes trabalham uniformizados e o pescado chega em ótimas condições de consumo. Por tudo isso o prefeito Gil Cutrim está de parabéns”, frisou.
Avaliação semelhante fez a dona de casa Maria Limeira, moradora do Parque Vitória. “Esse programa é maravilhoso porque beneficia o consumidor, que pode comprar mais barato, e o pescador e agricultor, que se veem livre da figura do atravessador”, disse.

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.