Polícia desarticula maior quadrilha interestadual envolvida com tráfico no MA

 

 

Durante a operação, a Polícia Civil descobriu também que um perito criminal é suspeito de envolvimento com esta organização criminosa

 

 

 

 

 

SÃO LUÍS – A Polícia Civil deflagrou na madrugada de hoje (30) uma operação para cumprimento de mandados de prisão preventiva e de condução coercitiva, na Região Metropolitana da capital. Segundo a polícia, foi a maior quadrilha interestadual, com conexões no MA e no Goiás, a ser desarticulada. A operação foi realizada por policiais civis por intermédio da Superintendência Estadual de Repreensão ao Narcotráfico (Senarc).

Foram cumpridos mandados de prisão de 47 suspeitos de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. Deste total, 14 eram mandados de prisão preventiva e três de condução coercitiva. Outros 30 presos que já estão no Complexo de Pedrinhas tiveram prisões preventivas decretadas. Dos envolvidos, quase 10 são mulheres.

Entre os detidos, estão Flávio Júnior Barcelos Pinto e Edmilson dos Santos Lima, identificados como as “cabeças” da organização criminosa.

 

Durante o andamento das investigações, a Polícia Civil descobriu também que um perito criminal é suspeito de envolvimento com esta organização criminosa, e teria repassado armas de fogo e munição para membros da organização. Ele estava entre os presos na manhã desta quinta-feira.

Com  as apreensões realizadas, a organização em questão sofreu um prejuízo de mais de R$ 5 milhões. As prisões efetuadas elevam ainda mais as estatísticas relacionadas ao tráfico de drogas no Estado, que já superam todo o ano passado. Segundo Carlos Alessandro, superintendente da Senarc, apenas em 2017, foram apreendidos mais de 7.200 kg de substâncias entorpecentes no Maranhão, entre crack, maconha e cocaína. Ele afirma também que este ano foram apreendidas 56 armas de fogo e realizadas as prisões de 412 pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FONTE: MA10

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.