Polícia Civil prende 10 suspeitos de envolvimento com facção criminosa

A Polícia Civil do Maranhão apresentou nesta terça-feira (9) nove suspeitos de envolvimento com o crime organizado. No total, 10 pessoas foram presas na operação “Alvo Certo”. Elas são suspeitas de coordenar e realizar movimentações financeiras e alistamento de integrantes para facção criminosa que atua no estado.

“São pessoas que articulam a facção criminosa, financiam, recebem esse dinheiro e aplicam esses valores para práticas criminosas. Há mulheres, esposas, filhas de presos que pertencem à facção e que movimentam o dinheiro do grupo”, explicou o delegado-geral da Polícia Civil, Leonardo Diniz.

Além das prisões, também foram apreendidas cinco armas e materiais utilizados na organização do grupo, como cadernos de anotações, notebooks e celulares, entre outros.

“Foram realizadas buscas e apreensões em diversos bairros da capital, incluindo municípios da Grande São Luís, como em São José de Ribamar”, detalhou o delegado chefe do Departamento de Combate ao Crime Organizado da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), Gil Gonçalves.

A operação “Alvo Certo” cumpriu 23 mandados de busca e apreensão, o que incluiu escritórios de advogados.

“Foram feitas buscas porque constatamos que nas listas da organização havia indícios de uma relação que ultrapassava a profissional. Encontramos indícios de que havia uma contribuição maior para o progresso dessas facções”, completou Gil Gonçalves.

Mais de 80 policiais civis participaram da operação, que vai ter continuidade.

“Nos próximos dias serão cumpridos mais mandados de prisão e busca e apreensão. A investigação continuará para chegar ao maior número possível de envolvidos”, afirmou Gonçalves.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.