Operário é resgatado após cair de misturador de cimento

Um operário caiu em uma máquina de cimento por volta das 16h30 desta quinta-feira (3) em obra da linha 13 Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na Avenida Doutor Assis Ribeiro, em Cangaíba, na Zona Leste de São Paulo. Pelo menos 20 homens do Corpo de Bombeiros trabalharam no resgate, que ocorreu por volta das 17h40.

A equipe de resgate chegou até o local por volta das 17h. A vítima foi sedada e os bombeiros precisaram cortar a estrutura de metal para retirá-la. Em sequência, o homem foi acomodado em uma maca. Às 18h, ele recebeu os primeiros socorros e foi transportado pelo helicóptero Águia da Polícia Militar.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros da região, o homem tem 24 anos. A ocorrência chegou à sala de imprensa da Polícia Militar às 16h30. Sete viaturas foram acionadas.

A obra é da CPTM e deverá ampliar a linha 13 Jade. Ainda não há a confirmação se o operário trabalha para a Companhia ou se é de uma empresa terceirizada. O canteiro fica próximo aos trilhos da linha 12 Safira.

A obra da CPTM
A linha 13 Jade da CPTM, que liga o aeroporto de Cumbica à rede ferroviária existente, será entregue pelo governo de São Paulo no fim de 2017. A linha havia sido prometida para ser entregue em 2014 pelo ex-secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

Depois de desistir do projeto do Expresso Aeroporto por causa do desinteresse da iniciativa privada em financiar as obras, o governo anunciou, em maio de 2013, que a Linha Jade da CPTM iria atender os passageiros do aeroporto.

Inicialmente, a Linha 13 Jade terá 12,2 km de extensão e três estações: Engenheiro Goulart (na Zona Leste de São Paulo), Cecap e Aeroporto de Guarulhos (em Guarulhos). A estação Engenheiro Goulart será reformada e ganhará mais uma plataforma, já que uma é destinada aos passageiros da Linha 12 Safira, que já existe, e outra será reservada para o trem da Linha Jade. O investimento dessa primeira fase é de R$ 1,2 bilhão.

Dos 12,2 km da linha, 8 km serão elevados e passarão em cima da rodovia Ayrton Senna, do Parque Ecológico Tietê e rodovia Presidente Dutra.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.