Morre a mulher diarista que foi espancada

A diarista Michelle Ferreira Ventura, de 30 anos, morreu na última sexta-feira (22) em Niterói-RJ, após quatro meses de internação.

Ela foi vítima de complicações de pauladas que levou na cabeça após reagir a assédios diários que sofria.

De acordo com o G1, a vítima estava internada desde que sofreu o espancamento, em março, no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal) e estava em estado grave. Nos últimos dois meses, Michelle já não se comunicava, mas respondia a alguns estímulos.

Ela passou por uma cirurgia para retirada de coágulos mas teve uma infecção e sofreu paradas cardíacas. O suspeito Leonardo Bretas Vieira Mendes foi preso e será julgado em agosto.

Segundo familiares, a vítima conhecia Leonardo, mas que eles nunca tiveram nenhum relacionamento.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.