Moradores da Forquilha e Parque Sabiá aguardam ansiosos construção de Ponte de Concreto

Já se encontram na região que abrange a Forquilha e o Parque Sabiá máquinas da administração municipal executando ação para a limpeza do canal existente naquela região. Com a conclusão desse trabalho, as comunidades da área aguardam ansiosas a construção de uma ponte de concreto projetada sobre o canal da Rua Onze, ligando os citados bairros, em atendimento a uma solicitação feita pelo vereador Francisco Chaguinhas (PSB).

O pleito foi dirigido ao prefeito Edivaldo Holanda Junior, no sentido de determinar ao secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo Costa, que inclua a referida obra no cronograma de obras da SEMOSP, objetivando sua execução, que irá beneficiar os moradores daquela região e adjacências.

“As comunidades da Forquilha e do Parque Sabiá estão satisfeitas com a realização desse trabalho, e ficará atenta para ser feita a ligação entre esses bairros com uma ponte de concreto, pois hoje os transeuntes utilizam uma ponte de madeira que está completamente deteriorada, representando um grande risco de acidente fatal”, fala o parlamentar socialista, acreditando na construção de uma nova ponte, um antigo anseio daquelas comunidades.

Continuando ele assinala que “nós estamos bastante gratos a essa iniciativa da prefeitura, que futuramente com um meio de tráfego mais seguro poderá beneficiar aproximadamente duas mil pessoas, entre pedestres, ciclistas e motociclistas que por ali transitam diariamente”.

REMANEJAMENTO DE LIXO – Por meio de um requerimento Francisco Chaguinhas solicita ao prefeito Edivaldo Holanda Junior que determine à Secretaria Municipal de Meio Ambiente a realização do remanejamento do lixo armazenado no terreno baldio ao lado do Viva Cidadão, localizado na Cidade Operária.

Justifica o vereador do PSB que “o armazenamento deste lixo fica em estado de putrefação exalando um odor insuportável, tirando das pessoas o direito de transitar naquele local com a prática de caminhadas, além de causar transtornos para o comércio, agência bancária e comprometendo a saúde pública”.

“O problema se agrava com o tráfego aéreo intenso e a quantidade de aves na localidade, podendo proporcionar risco de graves acidentes”, acrescenta Francisco Chaguinhas para finalizar: “ficamos na espera de que o poder público tome urgente providência para solucionar esse grave problema que compromete a mobilidade, a saúde da população e ferir grave direito dos cidadãos”.
Fonte: Dourado Filho11885069_433763450144373_1979959835471486955_n11951155_433763460144372_2417850464343705366_n

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.