Messi mostrou um futebol medíocre na Copa América 2015

Quatro vezes melhor do mundo, maior artilheiro do Barcelona e campeão de tudo com o time espanhol. Messi é aquele atacante que decide nos momentos complicados. Contudo, essa afirmação não corresponde aos jogos decisivos pela seleção argentina.

O vice-campeonato da Copa América, no último sábado, foi mais um jogo com final triste para o camisa 10, e mais um em que ele não deixou sua marca. Desde a Copa do Mundo de 2006, Messi fez 14 jogos em mata-mata por seu país e marcou apenas dois gols.

Ambas as bolas nas redes ocorreram na Copa América de 2007, quando ele participou de três jogos decisivos e marcou dois gols. Desde lá, nada de gols em partidas que valiamclassificação ou título. Assim foi na Copa do Mundo de 2010, na Copa América 2011 e na Copa do Mundo de 2014.

A última participação dele acabou no último sábado. Messi deixou sua marca no empate em 2 a 2 com o Paraguai na estreia dos argentinos na Copa América. Depois, vitórias sobre Uruguai, Jamaica e Paraguai novamente, além de empate com a Colômbia (quando se classificou nos pênaltis) sem gols do capitão.

Apesar deste desempenho ruim no quesito artilharia, Messi esteve na seleção ideal da Copa América, ao lado de Mascherano e Otamendi. A medalha de ouro cont

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.