Iprev divulga programação de 2019 para servidores aposentados

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Maranhão (Iprev), divulga a lista de oficinas deste ano, voltada para os servidores aposentados. As atividades são desenvolvidas pelo Programa de Ação Integrada para o Aposentado (PAI), vinculado a Diretoria de Previdência Pública do Iprev.

Estão sendo oferecidas, de segunda a sexta-feira, de forma permanente, atividades físicas, culturais e de lazer. Em 2019, a lista de serviços inclui oficinas de Alongamento, Dança, Futebol, Ginástica, Hidroginástica, Pilates de Solo, Yoga e a de Leitura, Memória e a de Canto Coral que é viabilizada por meio de parceria com a Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur). Também está na programação deste ano cursos de Pintura em Tela, Reciclagem, Artesanato, Fuxico e Macramê.

As atividades são gratuitas para todos os servidores aposentados do Estado. São realizadas na sede do PAI, localizada no Centro Social dos Servidores (Avenida Sambaquis, s/n, Calhau – antigo Ipem). Os horários das oficinas podem ser consultados no local, no site do Iprev (iprev.ma.gov.br) ou pelo telefone (98) 3214-8774.

Para se inscrever, é preciso ser servidor estadual aposentado e comparecer, em horário comercial, a sede do PAI. As inscrições podem ser feitas durante todo o ano, até o limite de vagas de cada turma. Os interessados em atividades físicas devem apresentar um atestado médico que comprove que o aposentado está apto a participar dessas ações. Esse documento precisa ser renovado anualmente.

O presidente do Iprev, Joel Benin, explica que o programa está incluído na política da valorização dos servidores estaduais executada pelo Governo do Estado. “No decorrer desta gestão, temos nos empenhado em fortalecer o PAI. Fizemos parcerias bem-sucedidas, recuperamos o espaço em que acontecem as atividades e adquirimos equipamentos para melhorar a qualidade das oficinas”, destacou.

A diretoria de previdência pública do Iprev, Larissa Tocantins, destacou as atividades desenvolvidas no PAI. “Buscamos construir uma abordagem positiva da aposentadoria, não como período de ociosidade, mas como época de qualidade de vida e de engajamento em novos projetos, participando efetivamente da sociedade e exercendo a cidadania”, afirmou

Saúde e palestras

Os participantes do PAI têm acesso a atendimento em saúde com especialistas, em áreas como Oftalmologia, Psicologia, Acupuntura, Clínica Geral e Nutrição e a reabilitação com auxílio de fisioterapeuta. As consultas são feitas mediante agendamento. Mensalmente, a programação inclui também palestras e debates. Para este ano, estão agendadas palestras em áreas como espiritualidade, autoestima, direitos dos idosos, saúde bucal, alimentação saudável, sexualidade e saúde mental. O curso de Cuidador Familiar de Idosos, que qualificou 380 pessoas em 2018, tem novas edições previstas para os meses de abril e outubro.

A coordenadora do PAI, Arlete Pontes, destaca que o objetivo principal é colaborar para que o processo de envelhecimento se dê da forma mais saudável possível. “Oferecemos uma programação bem ampla, que inclui atividades físicas, confraternizações e passeios e temos ampla aceitação dos participantes. Na terceira idade, são comuns sentimentos como ansiedade, solidão e depressão. Aqui estimulamos a socialização e oferecemos atividades que, além de ocupar o tempo, são estimulantes. É mais uma maneira de cuidar de pessoas que já trabalharam muito pelo Estado”, disse.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.