Homicida e especialista em ”saidinhas de banco” é preso

SÃO LUÍS – O Serviço de Inteligência da Polícia Militar prendeu, na manhã desta terça-feira (27), Raimundo José Souza Junior, o “Júnior Prata”, de 28 anos, na Vila Brasil. Ele é acusado de dois homicídios e de ser autor de várias “saidinhas de banco” (assaltos a pessoas que acabaram de sacar dinheiro em bancos ou caixas eletrônicos). A prisão aconteceu horas depois do Disque-Denúncia repassar um relatório gerado por meio das denúncias recebidas na Central.

Ao todo, foram 12 denúncias identificando “Júnior Prata” como homicida e traficante de drogas na área. No momento da prisão, a polícia encontrou, com ele, três pedras de cocaína e papelotes de maconha.

Em seu depoimento realizado no 11º DP (São Cristóvão), onde foi apresentado, “Júnior Prata” só confessou ter matado, em 2005, um homem chamado Belarmindo, e o motivo segundo ele, seria o fato da vítima já ter tentado matá-lo por duas vezes.

A Central Disque-Denúncia funciona 24 horas pelo números 3223-5800 (Capital) e 0300-313-5800 (interior). A identificação do denunciante é mantida em sigilo.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.