Funac inicia trabalhos de reunião técnica do Fonacriad 2017 com gestores estaduais

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac) realizou, quarta-feira (08), a abertura dos trabalhos da primeira reunião técnica de 2017 do Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fonacriad).

A presidente da Funac, Elisângela Cardoso, deu às boas vindas aos gestores com uma breve visita ao Centro Integrado de Justiça Juvenil (CIJJUV), localizado na Avenida Cajazeiras, serviço de atendimento inicial ao adolescente a quem se atribua a autoria do ato infracional, que integra órgãos do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria, Segurança Pública e Funac para agilizar e qualificar o atendimento.

“Pensamos nessa reunião técnica do Fonacriad como um momento de troca de conhecimento e aprendizagem para todos os gestores e técnicos que atuam no sistema socioeducativo do Brasil. Os desafios cotidianos são inúmeros e precisamos nos capacitar constantemente para superá-los”, disse em sua fala de abertura a gestora da Funac que, também, preside o Fonacriad.

Em seguida, as adolescentes do Centro de Juventude Florescer apresentam a cultura de São Luís com poesias, lendas e músicas populares maranhenses aos gestores que integram o Fórum, que conheceram também um pouco mais sobre o Projeto Jovem Guardião, iniciativa da Pastoral da Juventude (PJ), da Arquidiocese de São Luís, em parceria com a Funac, que tem o objetivo de levar uma nova experiência de juventude aos socioeducandos.

Projeto Jovem Guardião

Jovens da Pastoral da Juventude apresentam o Projeto Jovem Guardião. (Foto: Divulgação)

Jovens da Pastoral da Juventude apresentam o Projeto Jovem Guardião. (Foto: Divulgação)

Os jovens da PJ e os coordenadores técnicos da Funac realizaram uma apresentação lúdica do projeto por meio de cordel, rap e uma ciranda que envolveu a todos para sensibilizar sobre a igualdade das pessoas na sociedade.

“O Jovem Guardião foi um feliz encontro da Pastoral da Juventude com a Fundação da Criança e do Adolescente. Ambos tínhamos o desejo de ressignificar a vida dos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa e que bom que os interesses se conjugaram e permitiram materializar esse projeto, que é realizado e aprimorado continuamente com muito carinho e empenho de toda a equipe”, contou o coordenador do projeto pela PJ, Jhonatan Soares, durante a apresentação.

O ápice da programação foram os depoimentos dos adolescentes da Funac atendidos pelo projeto. “Nós agradecemos pelas ações dos Guardiões em nossas vidas. Eles saem de casa no sábado para nos ver, quando podiam fazer outras coisas e mesmo sem ter essa obrigação, porque acreditam em nós. Aprendemos com eles, conversamos, brincamos, desabafamos. Tudo isso já muda a vida, já faz pensar diferente. Quando eu sair, quero ser igual a eles”, contou emocionado um dos adolescentes.

O gestor da Fundação do Sistema Socioeducativo do Pará, Simão Bastos, saudou a Funac pelo projeto inovador. “Parabenizamos a Funac por apostar em uma iniciativa como essa que mobiliza pela arte, espiritualidade e pela própria juventude para, assim, transformar a realidade do sistema socioeducativo. O Jovem Guardião já está dando essa demonstração de que é possível mudar”, disse.

Seminário Fonacriad

A reunião técnica continua na quinta-feira (09), por meio do Seminário Fonacriad, que será realizado no Auditório do Palácio Henrique de La Rocque, das 8h30 às 12h. As inscrições para o Seminário são gratuitas e serão realizadas no dia do evento, com direito a entrega de certificado de participação.

O Seminário Fonacriad terá como tema as ‘Tendências e desafios dos Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa’, como, por exemplo, o envolvimento de adolescentes com organizações criminosas e as estratégias de atendimento aos socioeducandos no contexto da execução das medidas. O debate conta com a participação do juiz titular da 2ª Vara da Infância e Juventude, José dos Santos Costa; do delegado Carlos Alberto Damasceno; do gestor do Departamento de Administração Socioeducativa de Santa Catarina, Zeno Augusto Tressoldi; e da Presidente da Funac, Elisângela Cardoso.

Podem participar do Seminário Fonacriad representantes dos segmentos da infância e juventude da sociedade civil, gestores e técnicos dos serviços da execução das medidas socioeducativas em meio aberto e fechado, pesquisadores e estudantes universitários e o público em geral. Até sexta-feira (10), os gestores estaduais estarão reunidos para debater sobre os desafios e possibilidades da gestão sistema socioeducativo, além de reflexões sobre a saúde mental e o contexto da socioeducação e, o fortalecimento da medida de semiliberdade.

FONTE: GOVERNO DO ESTADO

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.