Flávio Dino nega que governadores estejam impedindo a reforma da Previdência

O governador Flávio Dino (PCdoB), em postagens nas redes sociais, condenou a tentativa de colocar sobre alguns chefes de Executivos estaduais a responsabilidade pela não aprovação da Reforma da Previdência, ora em fase de conclusão na Comissão Especial da Câmara Federal.

“É disparatado imaginar que são 2 ou 3 governadores que estão “impedindo” a reforma da Previdência. Mais produtivo olhar para outros aspectos: confusões sem fim; pautas erradas; agressões ao Parlamento; retiradas abusivas de direitos; proteção a uns em detrimento de outros etc”, observou disparou Dino.

Segundo o governador “sem ponderação e diálogo não se aprova reforma alguma no Brasil”. Ele disse ainda que “louvo o esforço dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Eles entendem que imposições não funcionam. Por isso, têm o meu respeito, mesmo que eu não concorde 100% com o que defendem”.

É disparatado imaginar que são 2 ou 3 governadores que estão “impedindo” a reforma da Previdência. Mais produtivo olhar para outros aspectos: confusões sem fim; pautas erradas; agressões ao Parlamento; retiradas abusivas de direitos; proteção a uns em detrimento de outros etc.

— Flávio Dino 🇧🇷 (@FlavioDino) July 3, 2019

Sem ponderação e diálogo não se aprova reforma alguma no Brasil. Louvo o esforço dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Eles entendem que imposições não funcionam. Por isso, têm o meu respeito, mesmo que eu não concorde 100% com o que defendem.

— Flávio Dino 🇧🇷 (@FlavioDino) July 3, 2019

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.