Executiva Nacional do PT adia decisão sobre retirada de apoio a Freixo no RJ

Partido ainda espera que PSB retire candidatura de Alessandro Molon

A Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) adiou para sexta-feira (5) a decisão sobre a retirada do apoio do partido à candidatura do deputado federal Marcelo Freixo (PSB) ao governo do Rio.

Em reunião na manhã desta quinta, o grupo decidiu esperar até amanhã, data limite para o registro de candidaturas e chapas na Justiça Eleitoral, que o PSB retire a candidatura de Alessandro Molon ao Senado.

O PT cobra que André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), seja o único candidato ao Senado na chapa de Freixo ao governo do Rio e que o PSB respeite um acordo que teria sido celebrado há meses para montagem da chapa fluminense.

Fontes relataram à CNN que a Executiva Nacional tem maioria para referendar a proposta do PT do Rio de retirar o apoio a Freixo, por conta da insistência de Molon em ser candidato ao Senado e que o adiamento da palavra final sobre o assunto foi por respeito ao PSB, partido do vice de Lula, Geraldo Alckmin, e aliado petista em vários estados como São Paulo.

Na terça-feira (02), o PT do Rio de Janeiro aprovou resolução para retirar o apoio à candidatura de Freixo.

Fonte: CNN BRASIL

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.