Ex-padrasto de Alanna foi preso depois de pegar van ocupada por policiais

 

Os policiais militares estavam de viagem para o município de Pirapemas, quando reconheceram o suspeito.

 

 

Uma coincidência a favor da justiça facilitou a prisão de Robert Serejo, ex-padastro de Alanna Ludmila e principal suspeito de estuprar e matar a menina, no início da tarde deste sábado (4).

Robert tentava fugir de São Luís quando pegou uma van com destino a Chapadinha, no retorno do bairro São Cristóvão. O que ele não sabia é que, a bordo da van, policiais militares seguiam viagem rumo ao município de Pirapemas, a cerca de 185 km da capital.

De acordo com as primeiras informações, Robert Serejo foi identificado por um sargento, cujo nome não foi divulgado, que estava a bordo da van. Ele reconheceu o rosto do suspeito e deu voz de prisão nas imediações do Tirirical, ainda em São Luís.

Pouco depois, num posto policial na BR-135, Robert negou ter sido ele o autor do crime. Num primeiro momento, ele negou até mesmo ser Robert Serejo, alegando que, apesar da semelhança física, ele não era o mesmo homem acusado do crime.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MA10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.