Especialistas reforçam que férias ‘desconectadas’ das tecnologias são mais saudáveis

O período das férias é ótimo para descansar e relaxar, mas isso não significa deixar de lado cuidados essenciais com o uso de tablets smartphones por crianças e adolescentes. “As tecnologias fazem parte do nosso cotidiano e as crianças estão passando cada vez mais tempo em frente às telas, pois têm em mãos dispositivos que são portas para o mundo digital. A própria família é quem promove o acesso a esses conteúdos”, alerta Caroline Serqueira, gerente de Tecnologia da Rede Marista de Colégios. Ela ainda lembra que algumas atividades feitas em casa com materiais simples, que não se plugam na tomada, podem entreter e estimular bastante a imaginação das crianças.

Em São Paulo, os pais do Colégio Marista Glória estão atentos para dar o exemplo sempre que possível, já que o acesso facilitado à internet e aos games nos dispositivos móveis pode provocar uma grande exposição ao mundo digital por um período prolongado. Em casos extremos, essa prática pode provocar alterações na visão, comprometer habilidades sociais e até causar dificuldades na hora de dormir. “Sem dúvidas existem muitos conteúdos que podem contribuir para o desenvolvimento das crianças, mas o acompanhamento da família é indispensável. É preciso conhecer os canais que as crianças consomem, impor limites, regras e também garantir que tenham acesso a outras atividades fora do mundo digital”, aconselha Caroline. Encontrar um equilíbrio, portanto, é a dica fundamental.

Como os impactos desses aparelhos e da “dependência de internet” na saúde das crianças são silenciosos, então não importa onde você e seus filhos estejam: busquem uma rotina relativamente saudável para seus filhos também durante as férias. A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) sugere que menores de dois anos de idade não devem ser expostos às telas digitais, pois podem ter seu desenvolvimento cognitivo afetado. Para crianças entre 2 e 5 anos, o ideal é limitar o tempo de exposição em uma hora por dia. Após essa idade, o tempo de uso das telas não deve ser permitido no horário destinado ao sono ou ser substituído por brincadeiras ao ar livre.

Sobre o Colégio Marista Glória: Inspirado em valores sólidos e acompanhando as mudanças da sociedade, o Colégio Marista Glória, parte da Rede Marista de Colégios (RMC), baseia-se na excelência em Educação para formar agentes de transformação. Localizado na cidade de São Paulo, contribui para um desenvolvimento humano de qualidade. Seus alunos dispõem de ampla infraestrutura e uma aprendizagem que se concentra Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. O compromisso com os resultados envolve preparação para todas as provas da vida e está voltada para a formação humana. Para outras informações, acesse www.colegiosmaristas.com.br/gloria

Sobre a Rede Marista de Colégios: A Rede Marista de Colégios (RMC) está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 19 unidades. Nelas, os mais de 26 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br

Fonte:Guilherme Ávila

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.