Empresários querem aumento de passagens dos coletivos, Cézar Bombeiro é contra e quer discutir assunto na Câmara Municipal

Empresários e rodoviários continuam com as mesmas estratégias de forçar paralisações das empresas para posteriormente deflagrarem greve, que na realidade tem como fator primordial o aumento no preço das passagens dos transportes coletivos de São Luís. Pelos trajetos, a péssima qualidade dos serviços, frota maquiada e as diárias panes mecânicas nos ônibus, bem acentuada depois da farsa da concorrência pública, a população tem um dos serviços de transporte coletivo mais deficiente de todo o país. Assim manifesta-se o vereador Cézar Bombeiro (PSD), que tem posição contrária a toda essa situação e quer promover um amplo debate sobre o assunto na Câmara Municipal.

Os rodoviários denunciam publicamente que os empresários não estão honrando com o acordo coletivo de trabalho e ameaçam com paralisações, inicialmente por empresas, que não estão cumprindo com as suas obrigações trabalhistas, justificando crise financeira com queda de receita, afirmando que o problema que ela está muito aquém das despesas, é o que alegam os trabalhadores.

As autoridades municipais têm conhecimento da realidade e sabem perfeitamente que o cerne de toda a problemática é que os empresários sempre foram fontes de apoio de segmentos políticos e existe um jogo de interesse entre eles, que no final da ponta, atinge unicamente a população.

Audiência Pública sobre o transporte coletivo de São Luís convocada pelo vereador Cézar Bombeiro foi marcada por denuncias

 O vereador Cézar Bombeiro, depois de receber inúmeras reclamações de comunidades, diante da precariedade dos serviços de coletivos, principalmente nos reduzidos números de ônibus, muitos deixando passageiros nas ruas e avenidas com panes mecânicas e o monopólio de empresas em setores da cidade, o que foi bem articulado na farsa da concorrência pública e os valores das tarifas, se constituíram nas reclamações mais pertinentes encaminhadas ao parlamentar, ressaltando a inoperância da fiscalização do poder público.

Durante a audiência pública, infelizmente a Prefeitura de São Luís, manda a sua representação pessoas, que além de desconheceram a principal fonte do problema, não têm autoridade para pelo menos minimizar as graves distorções. As representações comunitárias não economizaram criticas e afirmaram, que infelizmente a realidade é que os empresários acabam sendo favorecidos e a população é penalizada.

Diante das novas ameaças de greve pelos rodoviários e as manifestações cada vez mais acentuadas, o vereador Cézar Bombeiro disse nesta terça-feira, (03), que vai pedir aos seus colegas de parlamento uma ampla discussão sobre o grave problema do transporte coletivo de São Luís, antes que problemas maiores possam vir a acontecer.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.