Empresa que trabalha com fumaça ganha mais de 20 milhões com comida no Maranhão

Em janeiro, o jornal O Globo publicou denúncia sobre a Masan Comercial e Distribuidora Ltda. A empresa foi escolhida para operar carros fumacê – veículos utilizados no combate ao mosquito da dengue – na cidade do Rio de Janeiro, mesmo sendo especializada em alimentação.

A empresa faturou R$ 17 milhões do governo do Estado do Rio durante quatro anos, entre 2007 e 2011, e R$ 83 milhões da prefeitura, entre 2009 e 2011. A Masan funciona no mesmo endereço e tem os mesmos sócios que a Comercial Milano do Brasil Ltda, também fornecedora.

À reportagem da revista ÉPOCA, Marco Antonio de Luca sócio da Masan esclareceu que não tem relação societária com a empresa Milano. O empresário afirma que a Masan tem atuação em vários Estados e municípios do Brasil e sempre se pautou pela qualidade de seus serviços e pela lisura de suas atividades.

Mesmo com problemas com o Ministério Público e após denúncias a referida empresa fornece comida para os presídios e delegacias do Maranhão, desde o ano passado onde o valor dos serviços custou aos cofres públicos mais de 14 milhões de reais (R$ 14.732.023,41).

Este ano até agora o valor chega a mais de 24 milhões de reais ( R$ 24.859.468,33). Veja a baixo.

Masan-2013-640x253xxx

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.