Eleições na Fiema e no Sinduscon reconduzem Edilson Baldez e Fábio Nahuz

A Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-MA) realizam nesta quinta-feira (22) eleição para renovar suas diretorias, devendo os dois presidentes, Edilson Baldez (na foto à esquerda) e Fábio Nahuz, respectivamente, serem reconduzidos aos cargos, com pequenas alterações na composição dos demais cargos. As votações serão realizadas das 08h às 18h, na Casa da Indústria Albano Franco, no Retorno da Cohama.

Eleito em 2008 para o primeiro mandato, Edilson Baldez parte para a segunda reeleição, após uma alteração estatutária que permitiu a renovação de mandatos tantas quantas forem do interesse dos filiados à entidade. A proposta de alteração foi apresentada pelo Sindicato da Indústria de Panificação (Sindipan), que alegou não haver nenhum problema a continuidade do trabalho dos atuais dirigentes.

Assegurado o terceiro mandato, Baldez ficará à frente do Sistema Fiema até 2020, podem disputar mais uma reeleição, caso seja do seu interesse, ou seja, um ciclo de 12 anos.

Já no Sindudscon, a eleição estava prevista para maio do próximo ano, contudo o presidente decidiu antecipar a eleição, a fim de haver uma coincidência com o mandato dos dirigentes da Fiema, à qual está filiado. Ele recorda que na eleição passada, mesmo tendo assumido o comando do Sindicato não pode participar da diretoria da Federação, por dois anos, já que o ex-presidente João Alberto Motta já estava investido no cargo de vice-presidente, e ele só pôde entrar no segundo mandato de Baldez.

Trabalho – Ambos os presidentes têm a seu favor uma larga folha de serviços prestados às instituições, o que fortalece a tese da reeleição ser positiva para a representação do empresariado.
Edilson Baldez não apenas ampliou e modernizou os serviços dos órgãos vinculados – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social da Indústria (Sesi) e Instituto Euvaldo Lodi (Iel) – como deu uma nova representação à entidade, com projetos culturais, educativos e outros. Além da Fiema, ele preside o Conselho Deliberativo do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae-MA).

Fábio Nahuz também é elogiado pelos seus colegas de sindicato pela aproximação que teve com o poder público, possibilitando uma série de ações em favor da construção civil. Ele diz que sua recondução está se dando de pleno acordo com os demais diretores.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.