Edivaldo diz que governo faz perseguição contra João Castelo

O deputado Edivaldo Holanda (PTC) declarou, na manhã desta quarta-feira (9), que o prefeito de São Luís, João Castelo, por ser um prefeito de oposição, está sendo perseguido pela administração da governadora Roseana Sarney. De acordo com o deputado, o prefeito Castelo enfrenta imensas dificuldades na área financeira para executar um amplo programa de obras em São Luís.

“Como fazer crescer uma cidade de mais de um milhão de habitantes tendo um Governo do Estado pesando a mão contra este município, perseguindo o seu governante e nesta perseguição atingindo toda a população?”, questionou Edivaldo Holanda.

Ele lembrou que o então governador Jackson Lago celebrou um convênio no valor de R$ 150 milhões para a construção de dois grandes viadutos em duas áreas críticas desta cidade: um na Forquilha e outro no retorno do Calhau, nas proximidades do quartel do Comando Geral da Polícia Militar. Além desses dois viadutos, estava prevista também a extensão da Avenida Litorânea até o Olho d’Água e ainda recursos para recuperar bairros e avenidas de São Luís.

Entretanto, segundo o deputado, a liberação dos recursos do convênio ainda não aconteceu porque se encontra sub judice. “O prefeito ainda conseguiu manter esses recursos dentro de uma redoma num banco, protegendo-o contra a fúria da governadora de pôr a mão como pôs em todos os demais recursos que o governo Jackson Lago entregou aos municípios do Maranhão, cerca de R$ 400 milhões”, afirmou.

Edivaldo Holanda observou que a governadora Roseana não conseguiu pôr a mão nesse dinheiro, mas o prefeito também não consegue administrar partes críticas de São Luís com esse recurso importante porque “a governadora não deixa, a governadora persegue e, ao perseguir o prefeito, persegue a cidade; ao punir Castelo, pune São Luís, pune o Coroadinho, o eixo Itaqui/Bacanga, como todos os bairros que estão carentes de obras públicas”.

Edivaldo Holanda disse ainda que acredita que o prefeito Castelo vai conseguir driblar toda a perseguição de que está sendo vítima. “O grande hospital de urgência e emergência que o governo persegue, não deixa construir, mas mesmo assim Castelo já licitou o terreno. Agora, para os senhores terem uma ideia, está escondido porque, se o governo souber onde foi licitado este terreno, comprado este terreno, aliás, talvez até tome este terreno porque é numa região altamente privilegiada o local no qual vai ser erguido o hospital”.

O deputado oposicionista assegurou que, agora, o prefeito João Castelo, mesmo sem os recursos do Estado, vai licitar toda a Avenida Litorânea para levá-la, até o final do ano e começo de janeiro, até o bairro do Olho d’Água. “Isso”, discursou Edivaldo Holanda, é muito importante para todos nós. Os dois viadutos também vão ser licitados para melhorar os corredores de tráfego de São Luís. Eu tenho absoluta certeza de que Castelo, até a virada do ano, vai fazer o governo que esta cidade espera e que esta cidade merece.

Ao concluir seu pronunciamento, Edivaldo Holanda fez um apelo para que a governadora Roseana deixe de perseguir o prefeito de São Luís, João Castelo. “É preciso que a governadora deixe de perseguir o prefeito Castelo; que ela pare de perseguir a cidade, para não perseguir o povo de São Luís”,

Para Edivaldo Holanda, a governadora Roseana já deveria ter feito a liberação dos recursos alocados para os convênios assinados pelo então governador Jackson Lago. Mediante parceria com o governo do Estado, A Prefeitura de São Luís teria condições de recuperar toda a área do Coroadinho, o eixo Itaqui Bacanga, Cohatrac, o eixo Cidade Operária e Cidade Olímpica e Tiradentes.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.