Desaparecida irmã de mulher morta e concretada em Santa Helena

Dezenas de moradores da cidade de Bequimão, na baixada ocidental maranhense, saíram na manhã desta quinta feira (08) em protesto contra a violência que assola o território bequimãoense. O ponto de partida aconteceu na Praça da Bíblia no centro da cidade e percorreu a Rua Santos Dumont (Passando pela Escola Aniceto Cantanhede), e seguindo pela travessa Santos Dumont (Em frente ao colégio Manuel Beckman, onde fica também a Delegacia de Polícia Civil).
A passeata seguiu pela Rua Senador Vitorino Freire (Passando em frente à Prefeitura) e subindo pela Rua Capitão José Castro (Passando em frente ao antigo hospital), descendo a Rua Barão do Rio Branco, e depois seguindo pela Avenida Antônio Dino, onde a manifestação foi encerrada na Praça 2 de Novembro, no centro da cidade.
De acordo com os manifestantes presentes, a passeata foi aplaudida pelos moradores que debaixo de palmas mostravam satisfação pela atitude. O público esperado era infinitamente maior, mas infelizmente poucas pessoas compareceram no ato, que clamava por mais policiamento na cidade, mais condições de trabalho aos policiais que se encontram na cidade, assim como viatura com suporte para realizações de incursões pela zona rural e urbana.
VIOLÊNCIA EM BEQUIMÃO
No último final de semana uma idosa de 79 anos foi abusada por um indivíduo identificado por “Pendão”, que segundo moradores da cidade, ele ainda está foragido, e a justiça ainda não decretou a prisão preventiva desse delinquente. Em contado com a Polícia Militar de Bequimão por telefone, nenhuma ligação deste Portal foi atendida. O mesmo aconteceu com a Delegacia de Polícia Civil do município. O Portal tentou contato com o Fórum de Bequimão, mas sem sucesso, já que a demanda é muito grande.
Além desse abuso, outros crimes estão acontecendo no município, tanto na zona rural, quanto na zona urbana. São assaltos a mão armada, arrombamentos, furtos de celulares, motos, bicicletas e até animais (galinha), está acontecendo no município, além do grande trafico de drogas, que tomou conta dos principais bairros da cidade, e povoados do município.
A população já faz a sua parte, agora resta o Secretário de Estado da Segurança Pública, Dr. Jefferson Portela, fazer a sua, já que diminuir a criminalidade no estado, seria seu carro chefe na gestão.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.