Creche Sementinha discute problemas de aprendizagem

“A atuação do psicólogo frente à dificuldade de aprendizagem” foi o tema central de uma reunião ocorrida nesta segunda-feira (31) com os pais dos alunos da creche-escola Sementinha, da Assembléia Legislativa. O encontro faz parte do planejamento que objetiva promover maior interação entre os pais dos alunos e os profissionais da instituição.

No encontro, a psicóloga Mônica de Jesus Andrade falou sobre os problemas neurológicos que afetam a capacidade do cérebro para entender, recordar ou comunicar informações. Segundo ela, embora tenham base biológica, a dificuldade de aprendizagem é, com freqüência, determinada pelo ambiente em que a criança vive.

Ainda de acordo com a psicóloga, a dificuldade de aprendizagem tem conseqüências comportamentais – como fraco alcance de atenção, dificuldade de seguir instruções e de conversar, imaturidade social, inflexibilidade, falta de organização, distração, falta de destreza, falta de controle dos impulsos e hiperatividade – e emocionais (frustração, questionamento da própria inteligência, agressividade, ansiedade, isolamento, baixa auto-estima e até depressão).

Mônica Andrade alertou aos pais que esses problemas comportamentais e emocionais podem chegar a ser mais graves que a dificuldade de aprender. Ela sugeriu que os responsáveis acompanhem o dia-a-dia de seus filhos, tendo atenção ao ciclo de amizades; manter proximidade com a escola; buscar apoio profissional; incentivar na criatividade de seus filhos; mantê-los em ambiente familiar adequado; dar atenção aos filhos e não privá-los de ambiente estimulador.

Para os professores, a orientação foi que os alunos devem ser estimulados em um ambiente eficaz para as aulas, manter o relacionamento com os pais, desenvolver a criatividade dos alunos, promover atividades fora da escola e a interação entre todos os alunos.

“Esse bate-papo teve como público-alvo todos os pais dos nossos 200 alunos, do maternal ao 3º ano do ensino fundamental. A cada mês promoveremos encontros semelhantes com um dos profissionais da nossa equipe – formada por psicólogo, nutricionista, assistente social e fonoaudiólogo – para conversar sobre temas do nosso dia-a-dia”, informou a diretora da creche-escola Sementinha, Cíntia Brito.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.