Corpos de vitimas do acidente da BR-135 chegam a Humberto de Campos

vitimasJá estão em no município de  Humberto de Campos (MA), cidade localizada a 153 km de distância de São Luís, na região dos Lençóis Maranhenses, os corpos das vítimas de um grave acidente entre uma caçamba e um veículo de passeio na manhã desse domingo (3), no Km 36 da BR-135. A colisão entre os veículos vitimou oito pessoas.

Os corpos foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta segunda-feira (4), por volta de 1h. Velório e enterro ocorrem na cidade de Humberto de Campos, de pouco mais de 26,1 mil habitantes, de decretou luto oficial por causa da tragédia.

Dentro do carro, estavam duas famílias. A primeira, a do motorista Reginaldo ‘Careca’ – como era conhecido – de São Vicente Ferrer (MA) e acostumado a fazer o percurso oferecendo serviço de ‘táxi-lotação’ –, acompanhado da esposa e filha, identificadas apenas como Vanda e Hanna.

A segunda família é a de Kelvin Daniel da Conceição Costa, de apenas um ano de idade. Acompanhavam a criança Valdicleide Santos da Conceição, de 34 anos, mãe de Kelvin; e Helena Santos da Conceição, 70, avó da criança.

Também estavam no veículo o pedreiro Dioninson da Silva, de 28 anos; e a estudante Rosânia Santos, 14, filha de um comerciante de Humberto de Campos, que começaria um curso de computação neste mês de julho.
Segundo informou o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Antônio Norberto, o acidente aconteceu quando o carro de passeio seguia rumo à capital maranhense e uma caçamba que transportava lixo e que vinha no sentido contrário entrou na contramão. A caçamba tombou às margens da rodovia e o veículo de passeio ficou destacou

Segundo familiares das vítimas, os ocupantes do veículo se deslocavam de Humberto de Campos para São Luís para realizar alguns exames médicos.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.