Comerciante é preso com armas e cartões do Bolsa-Família

VARGEM GRANDE – Uma operação coordenada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), com o apoio das delegacias regionais de Itapecuru-Mirim, Chapadinha, Timon, Caxias, delegacia de Cururupu e do Grupo Tático Aéreo (GTA) iniciou uma operação, nesta sexta-feira (27), em combate ao tráfico de drogas e de armas no município de Vargem Grande.

Os mandados de Busca e Apreensão foram expedidos na última quinta-feira (26), pelo juiz Cristiano Simas de Sousa. Ao todo, foram expedidos nove mandados, mas os policiais encontraram irregularidades em apenas dois endereços.

Um dos mandados foi cumprido no Comercial Oliveira, localizado na BR-222, nº 30, Área Urbana de Vargem Grande. No local, foram apreendidas três armas de fogo, dois revólveres calibre 38 com numeração raspada e uma espingarda artesanal, de uso pessoal; cigarros clandestinos; vários cartões do programa Bolsa-Família e de benefícios previdenciários. O proprietário do comércio, José Duarte de Oliveira, de 55 anos, conhecido como “Zé Ferreira”, foi preso no local.

 O outro mandado foi cumprido no Comercial Davi, localizado na Rua José Magalhães, nº 665. No local, foram apreendidas 20 espingardas artesanais; vários cartuchos de calibres 36, 20 e 16; diversas munições de espingarda calibres 36 e 20; e uma caixa de pólvora. O proprietário do comércio, Antônio Davi Santana Trabuci, de 55 anos, foi preso no estabelecimento comercial.

Foto: Divulgação

 

Os dois suspeitos foram encaminhados à Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim. Os flagrantes vão ser lavrados pelos delegados regionais de Itapecuru-Mirim, George Antônio Silveira Marques, e pelo regional de Chapadinha, Jairo Timbó Sales.

Os suspeitos devem ser autuados em flagrante delito pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e tráfico de armas e munições. Eles abasteciam os criminosos da região. A polícia apura também o envolvimento de José Duarte de Oliveira com cartões de benefícios.

O superintendente de Polícia Civil do Interior, Jair Lima de Piva, destacou a importância da operação. “O objetivo principal dessas operações é diminuir a criminalidade, atacando diretamente o tráfico de drogas, que é o protagonista dos crimes de maior potencial”, pontuou.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.