Coluna FATOS E NOTICIAS

OS CANDIDATOS AO GOVERNO

 

 Para o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Marcelo Tavares,  de fato, existem dois candidatos, da oposição ,ao governo, que são Jackson Lago e Flávio Dino.

        

      ROSEANA É A MAIS FORTE

 

    Conversando com jornalistas, o deputado Marcelo Tavares assegura que, no grupo sarneysista,  a mais forte candidatura ao governo do Estado  é a  da atual governadora Roseana Sarney

  

Lula aprovação do povo

Pesquisa Datafolha divulgada mostra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva consegue, até o momento, atravessar a mais nova crise política nacional e manter sua popularidade entre os brasileiros no mesmo patamar, informa reportagem publicada  pelo jornal Folha de São Paulo.

Segundo a pesquisa, para 67%, seu governo é ótimo ou bom, variação dentro da margem de erro na comparação com a última pesquisa, feita em maio, quando Lula atingiu 69% de aprovação.

                    SARNEY  NÃO PREJUDICA LULA

  O Data Folha indica que 25% dos brasileiros acham o governo regular, ante 24% na última pesquisa. Para 8%, a administração do petista é ruim ou péssima; eram 6% no levantamento anterior.

Com os 67% de ótimo ou bom que registra agora, Lula está a apenas três pontos de seu recorde pessoal (70%), atingido em novembro de 2008.

O presidente foi o principal fiador da permanência de José Sarney (PMDB-AP) na Presidência do Senado. Em 17 de junho, chegou a declarar que o senador não poderia ser tratado como “uma pessoa comum”.

Marina  desestabiliza

A eventual candidatura à Presidência da República da senadora Marina Silva (PT-AC) pelo Partido Verde (PV) deverá desestabilizar a candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), mas não vai abalar a candidatura da oposição, hoje representada pelos governadores tucanos José Serra (SP) e Aécio Neves (MG). A avaliação foi feita pelo presidente nacional do PPS, Roberto Freire, em entrevista à Agência Estado.

   OUTRA CONSEQUÊNCIAS

Para Freire, a entrada de Marina na sucessão presidencial de 2010 terá também outras consequências para a candidatura governista: acaba com o caráter plebiscitário que o presidente Lula estava dando à sua sucessão, reabre a possibilidade de o deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) entrar nessa disputa – inviabilizando os palanques que Dilma poderia ter no primeiro turno nos Estados governados pelo PSB (Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte), e poderá aliviar a pressão de Lula sobre a oposição porque o presidente terá de tentar reverter o processo de fragilização de sua candidata. “A Marina será um problema para o governo, além disso, ela é muito mais petista do que a Dilma”, alfineta.

Sarney ataca jornal

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), acusou o jornal O Estado de S.Paulo de “práticas nazistas” e fez um apelo à meditação para que seus pares reflitam antes de acusá-lo. Já o veterano Pedro Simon (PMDB-RS) afirmou que neste momento a Casa “é pior que o inferno”.

O ex-presidente da República, aliado-chave do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, fez pronunciamento no plenário da Casa nesta segunda-feira após o Estadão ter publicado uma matéria com denúncias de que a família Sarney era beneficiária de dois apartamentos em região nobre da capital paulista pagos por uma empreiteira.

 

 
 FALANDO DA ESCRITURA

 


O senador do PMDB não quis entrar no mérito da denúncia. Disse apenas que seus filhos se defendem por eles mesmos e que a escritura de pelo menos um dos imóveis consta na declaração de Imposto de Renda do deputado Sarney Filho (PV-MA), acrescentando que a escritura em nome do empreiteiro só não foi passada para o nome do parlamentar porque este ainda está pagando as prestações do imóvel.

Defensoria  tem participação

 

Atendendo convite da Secretaria de Administração Penitenciária, a Defensoria Pública do Estado estará participando da X Semana Maranhense do Encarcerado, que desde quinta-feira está sendo desenvolvida com foco principal na discussão do “Sistema Penal Maranhense: 10 anos em busca do fortalecimento da paz e da Justiça Social”.

A participação da DPE/MA no evento se dará através de uma palestra que o defensor público Eduardo Henrique Salomão Silva, coordenador do Núcleo de Execução Penal, ministrará no dia 19, quarta-feira, às 9 horas, na Penitenciária de São Luis, sobre o tema “A Lei 11.464/07 e os novos requisitos para a progressão dos Crimes hediondos”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.