Matéria —POLÍCIA

ACIDENTE FATAL Estudante morre ao cair de bike em um buraco O jovem Francimar Silva Costa, 19 anos, morreu na noite de domingo, ao cair de bicicleta em um buraco na rua que dá acesso à Travessa Piancó, na Vila Embratel. Ele acabava de sair da casa dos pais, onde visitava sua mãe, que está muito doente. De carona com o estudante, Natália Adriele Saraiva, companheira do rapaz, se machucou bastante e não se conforma com a tragédia. Os pais de Francimar Costa também mal conseguem falar de tão abalados. O estudante Francimar Costa ainda foi socorrido por policiais e levado para o Hospital Municipal Djalma Marques – o Socorrão I. Contudo, ele não resistiu e morreu vítima de traumatismo craniano. Fatalidade – Segundo informações de José de Ribamar Carvalho, vizinho dos pais do estudante, Francimar e Natália saíram da casa dos pais dele por volta das 21h30 e foram descendo a rua de bike. No meio do caminho, ele teria cruzado com uma senhora e ao desviar, acabou caindo na cratera, formada há mais de dois anos na via. – A gente não se conforma com essa tragédia. Está todo mundo abalado. Esse buraco aqui na rua está assim há anos. Já reclamamos, já fizeram reportagem e nunca a Prefeitura veio ajeitar. Umas três pessoas já haviam caído nesse buraco, mas nunca ninguém tinha morrido! –, desabafou José de Ribamar. O buraco que causou a morte do estudante de 19 anos tem mais de dois metros de profundidade e cinco de diâmetro, segundo os moradores. Francimar Costa está sendo velado na Travessa da Rua União, casa 8, Piancó, Vila Embratel. Ele será sepultado nesta terça-feira (18), no cemitério do bairro. Providências – A Secretaria de Comunicação da Prefeitura informou que equipes de engenheiros foram enviadas ao local para avaliar a situação da rua e da iluminação pública na área em que o estudante caiu. Em relação à demora no atendimento do estudante no Hospital Socorrão I, a Secretária Municipal de Saúde disse que o caso está sendo apurado. Matéria 002/ Divulgado relatório da morte do empresário Maurício Costa Divulgado e detalhado, na tarde de ontem, um relatório sobre a morte do empresário maranhense Maurício Costa Gomes. Ele desapareceu no dia 25 de junho e o seu corpo foi encontrado no dia 14 de julho, numa área de mangue próxima à Lagoa da Jansen. De acordo com as informações divulgadas na coletiva de imprensa, o empresário foi vítima de homicídio, confirmado por eliminação, hipótese na qual a Polícia já trabalhava. Segundo o laudo da perícia oficial, divulgado ontem, foram descartadas as hipóteses de suicídio, envenenamento e morte natural. Em entrevista à rádio Mirante AM, o secretário de Segurança, Raimundo Cutrim, declarou que ainda não há suspeitos de autoria do homicídio, mas que as investigações seguirão na linha de descobrir isso o mais rápido possível. “Vamos trabalhar para descobrir a autoria desse crime, apesar de ser difícil de investigar. O caso continuará com o delegado Milton Pereira e, caso for necessário, outros delegados também o ajudarão”, disse Cutrim, comentando que qualquer informação, por menor que seja, é importante para a investigação. Informações técnicas – Um dos detalhes que levou os peritos a chegaram à hipótese de asfixia é o fato de ter sido encontrado, na garganta do empresário, um sulco, que pode indicar como sendo essa a causa da morte. Por conta dos pulmões e do cérebro de Maurício Gomes estarem em avançado estado de decomposição e o corpo em putrefação, os peritos não puderam precisar exatamente a causa específica da morte do empresário. Eles não descartam ainda a possibilidade dele ter sido vítima de faca. O laudo pericial foi apresentado pelo superintendente da Polícia Técnica, Marcelo Santos, por mais três peritos e pelo secretário de Segurança, Raimundo Cutrim. A viúva do empresário e outros familiares também estiveram presentes na coletiva. Matéria 003/ Deic desmantela perigosa quadrilha de assaltantes Agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) conseguiram prender quatro homens, dois deles procurados por vários assaltos em São Luís e no interior do Estado. Com Josué Santos da Silva, o “Gaspar”, 22 anos, foram encontrados um revólver calibre 38, com duas munições; um notbook, uma balança de precisão e 05 quilos de barrilha, produtos para limpeza de piscina, que também é ingrediente para fabricar a merla. “Gaspar”, também é acusado de vários assaltos a farmácias, padarias, saunas gays e lojas de celulares. Gaspar “caiu” junto com Wagner de Jesus Araújo Coelho, o “Tatuagem”, 30 anos, que também responde por um rosário de crimes, como assaltos e arrombamentos. Eles continuam sendo investigados no Deic por outros crimes que teriam praticado em São Luís. “Gaspar” foi preso na Vila Riod, e “Tatuagem” capturado na Cidade Operária. Matéria 004/ “Esquadrão Águia” prende traficantes Policiais militares do BME “Esquadrão Águia” apresentaram no Plantão Central da Beira-Mar, Sebastião Benedito Machado, morador da Travessa da Lapa, nº 185 – Centro; e Jardiel Ferreira Melônio, residente na Rua Hugo Cunha Machado, Bairro de Fátima. Com a dupla, os policiais encontraram 61 “trouxinhas” de merla, R$ 97,90 em espécie que caracteriza o tráfico de entorpecentes. Benedito e Jadiel juram inocência, alegando que a droga não lhes pertencem. Eles foram presos na Rua da Palma, Centro. A dupla foi autuada em flagrante e, em seguida, desceram para o Centro de Triagem em Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça. Matéria 005/ Deic prende ‘justiceiro’ “Louro” na Vila Pirâmide Agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais, sob o comando do delegado Augusto Barros, prenderam, na tarde de ontem, Eugênio Pereira, o “Louro”, 43 anos, acusado de cometer vários crimes de homicídio na área de ocupação conhecida como Vila Pirâmide. Segundo a Polícia, “Louro” é acusado de matar, auxiliado por outros “justiceiros”, com mais de dez tiros, Paulo Sérgio Alves Muniz, 35 anos, que residia na rua Gonçalves Dias, casa 05, Recanto dos Poetas, na Vila Pirâmide, área do município de Paço do Lumiar (MA). Louro é ex-presidiário e já puxou mais de sete anos de cadeia por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. O ex-presidiário foi preso portando um revólver calibre 38. O acusado nega envolvimento nos crimes ocorridos na sua área. Segundo a Polícia, Louro foi preso quando tentava fugir, e será investigado pelo delegado Augusto Barros. Matéria 006/ Segurança discute combate a crimes em transportes coletivos e terminais Fotos/José Roberto Foto 3 – Reunião, presidida por Raimundo Cutrim, de combate a crimes cometidos em coletivos Foto 4 – Secretário Cutrim preside reunião sobre combate a crimes em coletivos e terminais O secretário de Segurança Pública, Raimundo Cutrim, se reuniu, ontem, com representantes dos motoristas, dos empresários de coletivos e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) para discutir ações e diretrizes conjuntas para combater e prevenir assaltos a ônibus, vans e crimes dentro dos Terminais de Integração da capital. A reunião contou com a presença do secretário-adjunto de Modernização Institucional, coronel William Romão; os comandantes geral da Polícia Militar, Cel. Franklin Pacheco; do Policiamento Metropolitano, tenente-Coronel Flávio de Jesus; o delegado-geral de Polícia Civil, Nordman Ribeiro; o presidente do Sindicato dos Rodoviários, José Rodrigues da Silva; e o superintendente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís, Luís Cláudio Siqueira. Na pauta, temas como o número de assaltos a ônibus, que depois de apresentar grande queda durante os meses de abril e maio em comparação ao mesmo período do ano passado, voltou a ter um crescimento. Em 2008, foram 44 assaltos no mês de abril e 41 no mês de maio. Nesse mesmo período, em 2009, foram apenas 20 ocorrências em abril e somente 14 em maio. Os representantes dos Sindicatos dos Motoristas e dos Empresários de Coletivos entregaram para Raimundo Cutrim, os dados que mostram os horários, os locais mais frequentes das ocorrências criminosas, e inclusive nomes de elementos. “Nós entendemos que as polícias têm feito um bom trabalho com as operações que buscam coibir a ação de bandidos dentro dos ônibus, mas depois de cair muito, o mês de agosto voltou a aumentar”, informou o sindicalista José Rodrigues da Silva. Raimundo Cutrim enfatizou que é de extrema importância que, além dos trabalhos das polícias, todas as instituições possam colaborar conjuntamente para elaboração e na aplicação de estratégias que visam dar cada vez mais segurança e tranquilidade para a população. Ações práticas – Durante o encontro, Cutrim anunciou a formação de um grupo de trabalho entre as polícias para definir as medidas que devem ser tomadas. Entre elas, já está em andamento a reforma do prédio onde funciona o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), a contratação de mais atendentes para ampliar e agilizar o atendimento de emergência feito por meio do fone 190 e ainda a aquisição de mais 80 viaturas que vão auxiliar as operações desenvolvidas pelo comando-geral, a serem distribuídas nos quatro batalhões da grande São Luís. “Nós estamos aguardando a chegada não só dessas 80, mas de 300 viaturas, no total, que já foram adquiridas pelo Governo do Estado, com o objetivo de serem utilizadas no aprimoramento do serviço de emergência, e também aumentando as delegacias de plantões de polícia para que a população não precise fazer um deslocamento muito grande para registrar uma ocorrência”, afirma Cutrim. Hoje, são somente 10 pessoas responsáveis por atender às chamadas e designar a viatura mais próxima para o atendimento, mesmo número de quando o Centro foi inaugurado em 2004. Ajuda da Justiça – Um ponto bastante discutido pela cúpula da segurança e os sindicatos, foi com relação ao trabalho da Justiça na liberação de elementos envolvidos no assalto. Segundo informações repassadas, muitos dos infratores são menores de idade e já conhecidos pela polícia e até pelos motoristas e cobradores. Um desses casos foi o autor do tiro que matou o motorista Ednaldo Lima Frazão, em abril deste ano, na Avenida dos Franceses. Em julho, o mesmo menor voltou a cometer outro crime, desta vez assassinando o cobrador de uma funerária da capital, Josivelber Nascimento dos Santos. O coronel Franklin, enumerou todas as operações que estão sendo desenvolvidas pelos batalhões em São Luís , que além dos ônibus também aumentam a segurança para pedestres. “Diretamente com ônibus, vans e veículos de passeio, temos a operação Catraca, Nas Praias e Trânsito Tranquilo. De forma mais abrangente as operações Saturação, Interseção, Desarmamento e Varredura. Matéria 007/ “Chico Carroceiro” é preso por porte ilegal de arma Agentes do Serviço de Inteligência da Polícia Militar prenderam, na manhã de anteontem, Claudiomir Reis Cantanhede, o “Chico Carroceiro”, 29 anos. De acordo com a delegada Silvete Ripardo, do 2º DP, Claudiomir estava se dirigindo de sua residência no Bairro de Fátima em uma bicicleta, para determinado local, nas proximidades do Gás Butano na Areinha, quando foi abordado pelo Serviço de Inteligência da PM. Com ele foi encontrada uma pistola prateada, de uso restrito, com o pente carregado. “Chico Carroceiro” responde ainda pelo processo de um crime de homicídio de um policial militar reformado em 2004. A morte do policial ocorreu por causa de um desentendimento entre ambos, e o autor desferiu uma facada na vítima. Depois de autuado por porte ilegal de arma de fogo, “Chico Carroceiro” seguiu para o Centro de Triagem, onde ficará à disposição da Justiça. Matéria 008/ Jovem leva flagrante pela morte da filha Cristiane Ribeiro Silva, 24 anos, foi autuada em flagrante no plantão da Polícia Civil da Cidade Operária, acusada de matar, por asfixia, o seu próprio filho. De acordo com a Polícia, o crime aconteceu após a acusada dar à luz a uma menina no banheiro da casa onde trabalhava, no Maiobão. O bebê foi encontrado em uma lixeira, enrolado em papel higiênico e saco plástico. Matéria 009/ Acusado de estelionato preso com maconha e documentação falsa Policiais militares de Esperantina e de Teresina, em conjunto com alguns policiais civis da cidade de Timon (MA), conseguiram prender na noite da sexta-feira, Vagner Teixeira de Azevedo, acusado de aplicar golpes em idosos. O caso começou a ser investigado pela chefia de investigação do 1º. DP de Timon, após a vitima, F.C.M.M. de 51 anos, denunciar o crime de estelionato. O acusado do golpe teria vendido uma casa no valor de R$ 15 mil, para a vítima de Timon, que, no final, não recebeu o imóvel. O estelionatário se passava por correntista, recebia o dinheiro e depois fugia para outra cidade. Depois do crime praticado no último dia 22 de julho, Vagner Teixeira se refugiou na cidade de Esperantina (PI). Assim que foi descoberta sua localização, policiais civis de Timon se deslocaram até ao município de Esperantina (PI), a cerca de 200 km da capital, Teresina, na área norte do Estado do Piauí, a fim de capturar o acusado. Documentos falsos e drogas – O estelionatário foi preso, portando documentos falsos, entre elas uma carteira de identidade em nome de Pedro Visqueira Neto. O golpista usaria a carteira para praticar os crimes. Além da carteira falsa, estavam em poder do estelionatário Vagner Teixeira, 700 gramas de maconha prensada, em papelotes, pronta para venda. De acordo com policiais que efetuaram a prisão do golpista, o acusado tem várias passagens pela Policia. Vagner Teixeira de Azevedo foi preso e autuado em flagrante delito pela pratica de crime de falsidade ideológica na cidade de Esperantina (PI), mas deve ser encaminhado para Timon (MA), a fim de responder pela pratica dos delitos perpetrados na área do 1º DP de Timon. Matéria 010/ Preso motoqueiro que matou menina na Vila Policiais do 1º Batalhão da PM prenderam no início da noite de anteontem, o motoqueiro José Henrique Araújo Moreno, 18, morador da Rua do Comércio, Vila Isabel, que atropelou e causou a morte da menina Isabela Kailane Everton Costa, de apenas 04 anos, que morava na Rua da União, casa 55, Vila Embratel. Jose Henrique, o ‘Bolero’, ainda tentou fugir após o acidente, mas foi preso logo em seguida e confessou não possuir Carteira de Habilitação para pilotar moto. O acidente – A tragédia aconteceu na Avenida dos Portugueses, próximo à Unidade Mista do Itaqui-Bacanga, e, segundo informações de Raimundo Lindoso, que é tio da criança e presenciou o acidente, a menina e sua tia estavam no acostamento esperando para atravessar a pista quando foram colhidas pela moto de José Henrique, que aparentava estar alcoolizado e portava em seu bolso, dois frascos de uma substância que, no momento, teria sido identificada como um entorpecente conhecido como ‘loló’. Como José Henrique desenvolvia alta velocidade na moto, a intensidade do impacto arremessou a pequena Isabela á cerca de 20 metros para dentro de uma vala, causando-lhe vários ferimentos e fraturas, o que resultou em sua morte imediata. Já sua tia, Cintia Oliveira Bezerra, 18 anos, que também foi colhida pela moto, ainda está internada em estado grave no Hospital Socorrão II. Ela teve as duas pernas e o braço direito quebrados, além de várias fraturas no rosto. Logo após o acidente, populares destruíram por completo a moto de placas HPH – 5263, pilotada por José Henrique, que foi levado para o Hospital Socorrão I, para receber atendimento médico e em seguida foi conduzido para o Plantão da Vila Embratel, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio, e posteriormente transferido para o Centro de Triagem de Pedrinhas onde deverá permanecer à disposição da justiça. Segundo informações dos familiares de Isabela, seu sepultamento deverá acontecer por volta das 16hs de hoje, no Cemitério da Vila Embratel. Matéria 011/ Indulto do Dia dos Pais: 16 detentos não retornaram A Secretaria-Adjunta de Administração Penitenciária informa que, os detentos abaixo relacionados já são considerados foragidos da Justiça, por não terem retornado a Penitenciária de Pedrinhas após o benefício do indulto do Dia dos Pais. Detentos que foram para o interior do Estado: Adonias Moraes Marques – Pinheiro Edeílson Machado de Souza – Codó Gérson Jaime de Freitas Alexandre – Itapecuru-Mirim Gilberto Alves Fernandes – Mirador Herberth Rodrigues Sousa – Monção Jackson de Sousa Rodrigues – Cantanhede José Henrique Teixeira Pinheiro – São Vicente Férrer José Raimundo Félix Veloso – Paço do Lumiar Luís Alberto Pereira Castro – São José de Ribamar Marcos Cardoso da Silva – Governador Eugênio Barros Raimundo César Nonato dos Santos – Itapecuru-Mirim Wendel Pimenta Sousa – Paço do Lumiar Detentos que ficaram em São Luís : Cleandro Teixeira da Silva Ivan Santiago Bezerra Manoel Lima Costa Sidney Alves de Sousa Matéria 012/ Homem é preso com 5 mil relógios falsificados A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou, no final de semana, a Operação Fronteira na região tocantina e conseguiu prender, em flagrante, Honésio Vaz da Costa, por transportar 5 mil relógios falsificados oriundos do Paraguai. Segundo informações da PRF, ele estava em um ônibus que fazia itinerário Mato Grosso-Piauí. Ele foi encaminhado à Polícia Federal de Imperatriz. A prisão ocorreu no Km 156, da BR-010, próximo ao município de Porto Franco. Matéria 013/ Quatro acidentes nas rodovias federais A Polícia Rodoviária Federal registrou quatro acidentes nas rodovias que cortam o Estado do Maranhão, no último domingo. Na capital, São Luís, a menina Isabela Everton, de 4 anos, foi atropelada e morta na BR-135, região da Vila Embratel, por uma moto, placa HPH 5028/MA. Matéria 014/ Corpo de homem é achado em Paço do Lumiar A Polícia comunicou o achado do cadáver de um homem na Avenida Alexandre Tavares, município de Paço do Lumiar. Ele foi assassinado e trajava bermuda branca, camisa e tênis. O corpo foi removido para o IML, para os exames de praxe. ainda está no local. Matéria 015/ Recém-nascida é achada morta em cesto de lixo Foto – Cristiany da Silva, de 24 anos, deu à luz a um bebê no banheiro da residência onde trabalhava. Ela foi autuada em flagrante. Um crime chocou os moradores do bairro Vila Nazaré, próximo ao Conjunto Maiobão, no município de Paço do Lumiar, na manhã de ontem. A empregada doméstica Cristiany Ribeiro da Silva, de 24 anos, deu à luz a um bebê no banheiro da residência onde trabalhava, em seguida envolveu a criança num saco plástico e a depositou num cesto de lixo no interior do próprio banheiro. Cristiany Ribeiro foi autuada em flagrante na delegacia da Cidade Operária por ocultação de cadáver. No entanto, caso a autópsia feita pelo Instituto Médico Legal (IML) comprove que a criança nasceu com vida e veio a falecer em decorrência do tratamento ao qual foi submetida, ela também responderá criminalmente por infanticídio. Segundo depoimento de Paulo Mateus Costa, proprietário da residência onde ocorreu o caso, Cristiany havia sido contratada há apenas quatro meses para prestar somente serviços domésticos. Ele revelou que sua esposa desconfiava que Cristiany estivesse grávida, no entanto, nunca obteve confirmação da suspeita. A polícia informou que Cristiany usava de estratégias para esconder a barriga, vestindo roupas largas e cintas elásticas. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Adnéia Cabral de Sena, Paulo Mateus Costa e sua esposa não estavam em sua residência no momento em que Cristiany entrou em trabalho de parto. Ao retornar para casa, o casal foi surpreendido com a doméstica completamente ensangüentada no piso do banheiro, queixando-se de muitas dores.. Imediatamente, Paulo e sua esposa conduziram Cristiany à Maternidade Marly Sarney, situada na Cohab, onde médicos e enfermeiros constataram que ela acabara de dar à luz a uma criança. “Os médicos pediram para que o casal retornasse para casa com urgência e procurasse por todos os cômodos o recém-nascido. No entanto, pouco depois de encontrarem, o bebê veio a falecer”, disse a delegada. A própria delegada foi a responsável por levar o corpo do recém-nascido ao Instituto Médico Legal (IML), para que fossem feitos os procedimentos de autópsia. Ela revelou que Cristiany, prossivelmente, responderá por dois crimes – ocultação de cadáver e infanticídio – caso fosse confirmado que a criança nasceu ainda com vida. No entanto, preferiu não dar maiores detalhes. “Apesar de termos duas testemunhas de que a criança ainda estava viva ao ser resgatada do cesto de lixo, o que caracteriza infanticídio, vamos aguardar o laudo do IML. O certo é que Cristiany já está sendo autuada por ocultação de cadáver”, garantiu. Internada – Cristiany Ribeiro da Silva permanecia, até o final da tarde de ontem, sob observação médica na Maternidade Marly Sarney. A polícia informou que, logo que a mesma recebesse alta do hospital, seria submetida a interrogatório e em seguida, encaminhada à detenção provisória para aguardar julgamento. De acordo com a delegada, a esposa de Paulo Mateus Costa, que preferiu não ser identificada, estava muito abalada com o ocorrido. Ela também prestou depoimento à polícia civil, e foi liberada posteriormente. Dezenas de pessoas, entre curiosos, vizinhos, amigos e familiares do casal empregador de Cristiany, segundo a Polícia Civil, ficaram chocadas com o crime. O corpo do recém-nascido seria liberado no final da tarde de ontem para que a família de Cristiany realizasse o sepultamento. Matéria 016/ Homem é assassinado a tiros no bairro Santa Inês Com quatro tiros, todos por trás, foi assassinado, por volta de 14h30 desse sábado (15), Gabriel Possedônio de Paiva, 24 anos, que era morador da Avenida Newton Belo, 535, bairro Santa Inês. O crime aconteceu na Rua da Paz, também localizada no bairro Santa Inês. Pela posição em que se encontrava o corpo, que ficou caído de bruços, a polícia definiu que Gabriel tentou fugir dos seus algozes – dois homens que se encontravam em uma motocicleta –, mas acabou sendo alvejado com quatro tiros. De acordo com procedimento preliminar realizado no local onde o corpo de Gabriel estava caído, pelo perito Júlio Bayma, dois tiros atingiram a vitima no ombro pelo lado direito, um nas costas pelo lado esquerdo e outro na nuca. Acerto de contas – De acordo com os policiais militares que se encontravam no local, as características é de que o crime tenha sido por acerto de contas. Os policiais chegaram a essa conclusão em função de nada ter sido levado da vítima. O outro motivo, segundo os policiais, para que o assassinato tenha sido acerto de contas é que Gabriel convivia no submundo do crime e já tinha sido preso. Ele, além de praticar assaltos, ainda alugava motocicleta para que os comparsas praticassem crimes. Um deles teria sido um assalto à empresa Friobom. Uma pessoa da família de Gabriel, ao chegar no local do crime, disse textualmente: “Tanto que falei ao Gabriel para que ele saísse dessa vida, mas ele não me ouviu. Aí está o resultado”. Uma mulher, que chegou ao local dizendo ser prima de Gabriel, desmaiou e teve de ser levada para o hospital. O corpo de Gabriel foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), para os exames de praxe, e ainda ontem seria liberado para os familiares. Matéria 017/ PM de Araguaína promove dia de Polícia Comunitária O 2º Batalhão da Polícia Militar (2º BPM), com sede em Araguaína, promoveu nessa sexta-feira (14), mais uma edição da “Polícia Comunitária em Ação”. O evento foi realizado em parceria com a Célula Comunitária de Segurança Pública da Área Oeste (CCSP). No evento, o comandante da Unidade, oficiais e praças, se reuniram com membros da comunidade, autoridades e líderes locais, onde foram discutidos assuntos relacionados às necessidades e prioridades daquela área. Na ocasião, o comandante do 2º BPM, Major Henrique, se colocou à disposição daquela comunidade para discutir e buscar soluções para as reais necessidades daqueles moradores. Policiais militares operacionais e administrativos intensificaram as ações naquela região, realizando policiamento ostensivo e preventivo. Na oportunidade, buscou mostrar a importância da participação de cada integrante da comunidade e o quanto é importante a parceria entre a Polícia Militar e o cidadão, que juntos buscam a melhoria da segurança e da qualidade de vida da comunidade. Matéria 018/ Acusado de matar PM no Maranhão é preso no Piauí Foi preso na madrugada desse sábado (15), no município de Flores, localizado a 381 quilômetros de Teresina-PI, José Bruno de Morais Neto. Ele é acusado de ter assassinado um cabo da Polícia Militar no povoado de Nazaré do Bruno, localizado próximo ao município de Caxias. O crime aconteceu em abril deste ano e de acordo com informações, após ter cometido o assassinato, Bruno fugiu para o vizinho estado do Piauí. O acusado foi encaminhado para a Central de Flagrantes em Teresina e de lá será encaminhado para Caxias, onde ficará preso aguardando pronunciamento da Justiça. A Polícia não informou o que teria motivado o crime, mas – segundo informações – Bruno e o policial tinham uma rixa, que acabou com a morte do policial a tiros. Bruno teve mandado de prisão decretada pela Justiça de Caxias desde que cometeu o crime e fugiu da região para o Piauí. A transferência do acusado para Caxias acontece nesta segunda-feira (17), haja vista a proximidade da maior cidade da região dos Cocais com Teresina, onde Bruno se encontra preso. Matéria 019/ Homem é preso por porte de entorpecentes Policiais militares do 2º Batalhão da cidade de Araguaína, com apoio do Giro, efetuaram a prisão de Ismael Madeira dos Santos, 34 anos, fato ocorrido nessa sexta-feira (14), na Rua Floriano Peixoto, Setor Carajá, naquela cidade. Com Ismael, os policiais apreenderam 24 pedras de crack e um tablete com maconha prensada, R$ 253,50 em espécie e um aparelho de telefone celular. A ação policial se deu após o recebimento de informação anônima, via 190. O acusado se encontrava em atitude suspeita e a guarnição da Rádio Patrulha da PM se deslocou ao endereço citado. Ao tentar abordá-lo, o referido suspeito empreendeu fuga a pé e adentrou no quintal de uma residência, momento em que levou uma das mãos até a cintura, o que obrigou a polícia a efetuar um disparo para inibir a ação do marginal. Com o apoio do GIRO, foi feita uma varredura nas proximidades, ocasião em que Ismael foi encontrado e preso. Quando recebeu ordem para se entregar, levou novamente uma das mãos até a cintura e foi feito novo disparo, que dessa vez o atingiu na coxa direita. Antes de ser levado para a Delegacia, onde foi autuado por tráfico de droga, Ismael foi medicado no Hospital Regional de Araguaína. As informações são da Ascom do 2º BPM. Matéria 020/ Operação Heket indicia 28 pessoas Vinte e oito pessoas foram indiciadas por fraudar concessões de salário-maternidade rural na Agência Nacional do Seguro Social (INSS) de Pedreiras. A investigação durou dois anos e, a partir de agora, 30 inquéritos serão instaurados para apurar a fraude. Foram indiciados o funcionário do INSS da agência previdenciária de Pedreiras, Luís Carlos Ferreira, 22 mulheres que recebiam salário-maternidade rural irregularmente e mais cinco intermediários que facilitavam a operação fraudulenta. Segundo a PF, Ferreira era o responsável por inserir os dados para liberar salários-maternidade fantasmas. No caso das 22 mulheres, a Polícia desconfia que elas nunca foram trabalhadoras rurais ou não tinham tempo necessário para obter o benefício. Matéria 021/ Paraquedista sobrevive a queda de 3 mil metros Um paraquedista britânico sobreviveu a uma queda de cerca de 3 mil metros em Wihitchurch, norte da Inglaterra. Paul Lewis, de 40 anos, caiu sobre um telhado de um hangar após seus dois paraquedas falharem durante um salto. Lewis estava filmando saltos de outros paraquedistas num campo de pouso quando o incidente ocorreu, na sexta-feira. Ele sofreu ferimentos na cabeça e no pescoço e foi socorrido por bombeiros. Segundo um porta-voz do Hospital Universitário de North Staffordshire, para onde o paraquedista foi levado após o acidente, ele permanece em estado grave, mas estável, após ter sido operado no sábado. Colin Fitzmaurice, dono do centro de paraquedismo para o qual Lewis trabalha como câmera, diz estar seguro de que ele vai se recuperar totalmente. “Ele não tem fraturas, aparentemente. Ele teve muita sorte”, disse. Segundo Fitzmaurice, que testemunhou o incidente, o paraquedas principal de Lewis não funcionou e ele então acionou o seu paraquedas reserva, que não abriu corretamente. “Ele teve algum tipo de problema com o controle do paraquedas reserva. Ele abriu, mas estava virando quando ele bateu no telhado”, afirmou. Matéria 022/ IML registra duas mortes por arma de fogo em SL Foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), na madrugada de ontem, o corpo de Josiel Miranda de Sousa, de 19 anos, vítima de arma de fogo, procedente do bairro Liberdade. Ele foi alvejado por dois disparos de arma de fogo, que o atingiram na altura do abdômen, por autor desconhecido. A polícia militar realizou diligências no local onde ocorreu o crime com objetivo de identificar possíveis suspeitos, mas não obteve êxito. As circunstâncias do crime também são desconhecidas da polícia. Josiel Miranda residia na Rua Diogo Alves, número 202, no bairro Liberdade. Outro crime cometido por arma de fogo deixou como vítima um adolescente de 15 anos, cujo corpo foi levado para o IML às 12h50 de ontem, procedente do Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão II, na Cidade Operária. O jovem morava na Avenida da Saudade, número 48, no bairro Cruzeiro de Santa Bárbara. O IML também registrou um caso de afogamento, ocorrido no Porto da Vovó, situado na área Itaqui-Bacanga. O corpo do pescador Ernenigildo Pinheiro, de 60 anos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros. De acordo com a polícia, ele realizava atividades pesqueiras na região, em companhia de dois filhos, netos e amigos, quando sentiu câimbras nas pernas sendo arrastado em seguida pelas fortes correntezas. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas, ao chegar no local, Ernenigildo já estava morto. Ele residia na Rua da União, S/N, no bairro Vila Isabel. O Corpo do pescador seria liberado para sepultamento ainda na tarde de ontem. Viana – Natural do município de Viana, Edvangleberth Mendonça Rodrigues, de 28 anos, que recebeu nove disparos de arma de fogo, morreu na madrugada de ontem no Socorrão II. Ele ainda foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima residia na Rua José de Ribamar de Sousa, S/N, no município de Viana. Matéria 023/ Dono de lan house preso acusado de assediar criança no Piauí Neste domingo (16), José Walter da Silva, popularmente conhecido por “Ceará”, foi preso acusado de assediar uma criança de 8 anos de idade. José Walter é proprietário de uma locadora de filmes e lan house no bairro Passagem das Pedras, em Picos, sul do Piauí, onde a criança costumava freqüentar. “Uma pessoa presenciou o assédio, comunicou o fato a polícia que entrou em perseguição e o autuou em flagrante”, afirma o Major Vicente Carlos. A testemunha já havia desconfiado do assédio por ver a criança sair chorando e correndo do estabelecimento, dessa vez decidiu averiguar o que ocorria, e flagrou a menor já despida e o “Ceará” tirando a roupa. “A informação que nós temos é que não foi a primeira vez que a criança saiu chorando de lá, nós ainda não podemos informar se houve a consumação, mas só o fato dele ter despido a criança já existe uma previsão penal, um lei que foi promulgada no dia 12 de agosto deste ano que caracteriza o crime, que é induzir alguém menor de 14 anos a satisfazer a lascívia de outro”, informou Vicente Carlos. A prisão de José Walter foi realizada pelo Tenente Sobrinho já no centro da cidade, pois o mesmo teria deixado o Bairro Passagem das Pedras após o flagrante, segundo lei 12.015, para o assédio sexual a pena é de dois a cinco anos, podendo ser aumentada em até um terço quando a vítima for menor de 18 anos. Matéria 024/ Preso é morto após roubar arma de agente penitenciário Um detento morreu após ser baleado quando tentava fugir do Presídio Cyridião Durval, em Maceió, na manhã desta segunda-feira (17). Segundo a Intendência Geral do Sistema Prisional de Alagoas, o detento roubou a pistola do agente penitenciário que o escoltava e atirou contra um outro funcionário da unidade. Ainda de acordo com a intendência, a tentativa de fuga ocorreu no setor administrativo do presídio, quando o preso voltava de uma consulta a um psicólogo e seguia para a cela do isolamento. A administração do presídio informou que o preso começou a atirar para todos os lados e um dos disparos acertou outro agente penitenciário, que não fazia o trabalho de escolta. Ele foi internado no Hospital Geral do Estado, onde permenece internado, mas não corre risco de morrer. A Intendência Geral do Sistema Prisional de Alagoas informou ao G1 que os guardas externos do presídio revidaram e acertarm o preso com dois tiros. Ele tabém foi socorrido e levado para o HGE, onde chegou sem vida. Após o tiroteio, a situação no presídio ficou calma, não houve novas tentativas de fugas e nem início de rebelião, segundo a intendência. Matéria 025/ Cabeleireiro é assassinado dentro de salão Um cabeleireiro de 31 anos foi assassinado dentro de um salão de beleza, em Tracunhaém (PE), na noite de sábado (15). Segundo a polícia, dois homens chegaram em uma moto e um deles entrou no estabelecimento, que pertence à vítima. O criminoso usava capacete, para não ser reconhecido, e disparou cinco tiros. O proprietário do salão foi atingido no tórax e no braço. Ele morreu no local. Os dois rapazes envolvidos no crime fugiram. A polícia diz que o cabeleireiro também era agiota e pode ter sido morto por algum devedor. Matéria 026/ Homem é suspeito de espancar mulher e filho e incendiar casa Um desempregado de 36 anos é suspeito de espancar a mulher, de 32 anos, e o filho, de 3 anos, e depois atear fogo na casa, em Maceió. Segundo a polícia, no domingo (16), a mulher se negou a entregar dinheiro para o marido, que queria comprar drogas. Irritado, ele teria agredido a família e incendiado o imóvel. O homem foi preso. À polícia, a mulher teria dito que o marido usa crack. Matéria 027/ Bebê abandonado pela mãe é encontrado morto em THE Uma bebê do sexo feminino, três meses de vida, ainda sem nome, foi encontrada morta na madrugada de ontem na residência de sua mãe, a doméstica Maria do Socorro Alves Costa, 25 anos, localizada no bairro Socopo, na zona Leste de Teresina, que a havia deixada só enquanto foi participar de uma festa na vizinhança. Segundo informações prestadas por funcionários do Instituto de Medicina Legal – IML, onde o corpo da criança foi examinado, Maria do Socorro Costa é separada do marido, cujo nome não foi revelado. Ela teria ido participar de uma de uma festa e quando retornou encontrou a filha morta, oportunidade em que chamou os vizinhos e, estes levaram o caso ao conhecimento da polícia que foi ao local e prendeu Maria Don Socorro levando-a para a Central de Flagrantes, onde foi autuada em flagrante como acusada de abandono de incapaz, com a agravante de ser ela a mãe da vítima. Maria do Socorro foi levada para o IML, onde foi submetida a exame de corpo de delito com o médico Walke Prado que também examinou o corpo da criança. Lá ele teria afirmado que realmente foi para um bar nas proximidades e que de hora em hora retornava à sua casa para observar a filha. O delegado geral James Guerra disse que hoje ela irá para a penitenciária.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.