CER Olho d’Água comemora Dia Internacional do Idoso com musicoterapia e concurso de dança

Mais de 100 idosos e seus familiares participaram esta semana da programação alusiva ao Dia Internacional do Idoso, no Centro Especializado em Reabilitação e Promoção da Saúde do Olho d’Água (CER Olho d’Água), em São Luís. 

A programação reuniu, nesta quarta-feira (2), atividades recreativas, sessões de musicoterapia, concurso de dança e a escolha da miss e mister CER Olho d’Água. Ana Eugênia Furtado, diretora administrativa da unidade da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), explicou que a atividade é uma culminância dos atendimentos ofertados no serviço. “O CER Olho d’Água proporciona sempre um momento de interação, movimentação do corpo, fortalecimento da autoestima e consequentemente da qualidade de vida dos idosos”, disse. 

A aposentada Gracinda Neto Pinheiro, de 71 anos, apresentou uma coreografia de samba. Para ela, a assistência multiprofissional ofertada no CER Olho d’Água é fundamental para manutenção da saúde física. “A atividade aqui não é boa, é maravilhosa! Eu tenho fibromialgia. Se não estivesse fazendo esse tratamento, estaria em uma cadeira de rodas de tantas dores que sinto. Aqui faço hidroginástica, pilates, ginástica, fisioterapia e atendimento multiprofissional”, contou Gracinda Pinheiro.

José Campos, de 74 anos, diz que o CER Olho d’Água resgatou o prazer de fazer atividades em grupo, socializar e cuidar da saúde.  “Unindo o útil ao agradável, gosto de me exercitar e também de estabelecer essa relação interpessoal. Para mim é sempre um prazer vir para cá”, contou o aposentado.  

Educador físico responsável pelas atividades do grupo, Viller Monteles, ressalta que trabalha a expressão corporal, ritmo, coordenação motora, equilíbrio, percepção de espaço com os idosos. “Para apresentação, dividimos os idosos em cinco grupos de danças predominantes de cada país, como samba, rock, valsa, can can e bolero. Usamos os movimentos mais recentes que eles têm para trabalhar a memorização. Pedimos que usassem figurinos e eles se sentiram estimulados”, destacou o professor.  

No CER Olho d’Água, os idosos participam de aulas de natação, pilates, fisioterapia, dança, ginástica, oficina de memória, coral, dentre outros. O Grupo Melhor Idade do CER Olho d’Água faz atividades com os idosos participantes todas as quartas e sextas-feiras. As atividades contam uma equipe multidisciplinar, com diversas especialidades.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.