Cai o consumo de carne bovina em Imperatriz

O aumento do preço da carne na cidade deImperatriz, a 626 km de São Luís, acabou obrigando o consumidor a diminuir o seu consumo. Já foram, até o momento, seis aumentos. O último deles ocorreu em novembro do ano passado, onde a arroba do boi passou de R$ 92,95 para R$ 135,00.

O novo reajuste fez muita diferença no orçamento da dona de casa Meire da Silva. Ela afirma que o valor ficou bastante alto. “Pesou, pesou muito no bolso. Uma carne que custava R$ 10,00 agora está entre R$ 20,00 e R$ 22,00”.

No Mercado Municipal, um dos mais tradicionais da cidade, mesmo com o preço da carne mais em conta, se comparado aos supermercados, os frequentes aumentos fizeram as vendas caírem, conforme os açougueiros. No local, o quilo da carne de primeira como o colchão mole e a alcatra chega a R$ 20,00.

Segundo o açougueiro Antônio Ferreira Lima, atualmente o consumidor está levando, no máximo, um quilo de carne de boi. Ele garante que até entre os restaurantes da região as vendas sofreram quedas. “O consumidor que levava três quilos agora leva um quilo. Até nos restaurantes as vendas diminuíram”, afirma.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Imperatriz, Renato Pereira, essa situação segue uma tendência nacional. Ele explica que o crescimento nas exportações e a diminuição da oferta de carne no mercado interno são fatores que contribuíram para o aumento.

“A questão da diminuição da área de pastagens onde o preço se perdeu para a agricultura, para a madeira também é relevante nesse aumento significativo que estamos falando. Agora para o mercado de 2015 o que se espera é que o boi continue tendo uma alta, e essa não ser sentida tanto no final, e sim mais para a exportação mesmo”.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.