Brasiliense fica com trauma após ver suas fotos intimas espalhadas na internet

A exposição de fotos íntimas em redes sociais modificou a rotina e os planos de uma jovem, que aparece em fotos em ato sexual dentro de um ônibus do transporte público do Distrito Federal. A estudante ficou sabendo que suas fotografias com dois homens com uniformes de rodoviários circulavam em redes sociais nesta terça-feira (26). Abalada e claramente nervosa, a maior preocupação da vítima é com a família.

Minha vida está em caos. Eu não consegui dormir, estou muito mal. A minha família já está sabendo de tudo e meus pais estão preocupados, sem saber o que fazer.

Há dois dias, a mulher não consegue ir à faculdade e afirma que vai abandonar os estudos por tempo indeterminado por medo de reações de colegas de classe. No trabalho, ela não ouviu comentários, mas pensa em deixar o emprego para não ter a imagem profissional afetada.

Eu não sei se minha chefe viu, eu não falei nada com ela, mas eu penso em dar um tempo do trabalho do mesmo jeito que vou fazer com a faculdade.

A jovem diz conhecer os homens que aparecem nas imagens. Vestidos com uniformes de motorista e cobrador, eles posam ao lado da mulher seminua. Ela afirma ter contatos com os rapazes, mas afirma que não autorizou a divulgação das fotos. Sobre a atitude criminosa dos envolvidos, ela só pede punição.

 

Eu quero que eles sejam punidos, eu denunciei à delegacia e estou esperando uma ligação para saber sobre a investigação. E eu vou processar as redes sociais.

 

Ao contrário do que informou a Viação Pioneira, a mulher afirma que o ato sexual ocorreu em um dos coletivos da empresa. Ela ainda acrescenta que os funcionários foram demitidos nesta terça-feira, mas a assessoria de imprensa da corporação não confirma a informação.

A Secretaria de Mobilidade Social do Distrito Federal considera a conduta irregular porque os homens utilizaram um veículo do transporte coletivo para outros fins. O órgão informa, em nota, que vai solicitar à empresa informações para saber se o ônibus estava em área pública e em horário de prestação de serviço.

Uma moradora de Samambaia (DF) registrou ocorrência na 33ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal após ter fotos íntimas vazadas na internet

 

 

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.