Bordel oferece prostitutas de graça na Áustria

Um bordel de Salzburgo, na Áustria, ofereceu bebidas e até programas grátis como protesto contra a cobrança de impostos. A promoção foi realizada pelo bordel Pascha.

O dono Hermann Müller, que dirige outros bordéis na Alemanha e na Áustria, disse que considera injusta a tributação de quase 4 milhões de euros (R$ 14 milhões) na última década.
Como as garotas de programa não iriam receber nada, Müller disse que compensaria o que elas normalmente ganham com os clientes.

A prostituição é legal e regulamentada na Áustria.

2015-06-17t115142z_190909983_gf10000130336_rtrmadp_3_austria-brothel
Hermann ‘Pascha’ Mueller, dono do bordel, gesticula enquanto fala em seu bordel em Salzburgo, na Áustria. Mueller disse que compensará com dinheiro do próprio bolso pelo trabalho das mulheres e bebidas consumidas durante a promoção (Foto: Leonhard Foeger/Reuters)

Onde as mulheres aguardam no 2015-06-17t115918z_778687042_gf10000130298_rtrmadp_3_austria-brothel2015-06-17t114855z_218956455_gf10000130327_rtrmadp_3_austria-brothel 2015-06-17t114332z_1111843493_gf10000130331_rtrmadp_3_austria-brothelbalcão do bar da casa noturna Pascha em Salzburgo, na Áustria

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.