BNDES aprova R$ 488,5 mi para investimentos no setor de transporte ferroviário

·        Foram aprovadas quatro operações para três empresas: MRS Logística, VLI Multimodal e MRC Locação de Equipamentos Ferroviários 

·        Financiamentos vão viabilizar aquisição de 26 novas locomotivas nacionais, o equivalente a 25% da produção média anual desse tipo de máquina no Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou quatro operações de crédito, no valor total de R$ 488,5 milhões, para as empresas do setor de transporte ferroviário MRS Logística, VLI Multimodal e MRC Locação de Equipamentos Ferroviários.
Os financiamentos do BNDES vão viabilizar a aquisição de 26 novas locomotivas — todas fabricadas no Brasil —, a revitalização de outras 50 e a compra de 995 novos vagões, além de investimentos na recuperação de vias e em outros equipamentos pelas empresas. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), a fabricação das 26 novas locomotivas corresponde a cerca de 25% da produção média anual dessas máquinas no país nos últimos cinco anos.

MRS – O financiamento do Banco à MRS Logística, no valor de R$ 252,4 milhões, destina-se à compra de 15 novas locomotivas, à revitalização de outras 50 locomotivas e à aquisição de 577 vagões dos tipos hopper e plataforma para transporte de produtos agrícolas, siderúrgicos e contêineres. 
A MRS é responsável pela exploração do transporte ferroviário de carga — com destaque para minério de ferro — na chamada Malha Sudeste, localizada no eixo RJ-SP-MG. Com mais de 1.600 km de extensão, a malha conecta regiões produtoras, grandes centros de consumo e alguns dos maiores portos do país (nos municípios do Rio de Janeiro, Itaguaí, Sepetiba e Santos).

VLI – Outros dois financiamentos, no valor total de R$ 124,6 milhões, foram aprovados pelo BNDES para investimentos da VLI Multimodal no aumento da capacidade de cargas das ferrovias Centro Atlântica e Norte Sul.
Um dos projetos da VLI, apoiado pelo Banco com R$ 40,6 milhões, consiste na expansão da capacidade de transporte de toretes de eucalipto no trecho entre Prudente de Morais (MG) e Aracruz (ES). Os recursos do Banco serão utilizados na aquisição de até 178 vagões tipo plataforma e na recuperação da via permanente na região de Prudente de Morais.
Já o projeto da empresa de logística para a Ferrovia Norte Sul — apoiado pelo Banco com R$ 84 milhões — consiste no aumento da capacidade de transporte ferroviário para o escoamento da produção agrícola em direção ao Porto de São Luís (MA). Serão comprados até 240 vagões tipo HFT e implantado um novo sistema de manutenção para atender a crescente demanda de exportação de grãos.
A VLI Multimodal pertence ao grupo VLI, uma das maiores empresas de logística do país, operando corredores logísticos que integram ferrovias, portos e terminais.

MRC – A aquisição de 11 novas locomotivas ferroviárias pela MRC Locação de Equipamentos Ferroviários também será financiada pelo BNDES com R$ 111,5 milhões. As locomotivas adquiridas pela MRC serão produzidas pela GE Transportation em Contagem (MG) e serão locadas à VLI Multimodal para utilização na Ferrovia Centro Atlântica.
A MRC é parte do grupo econômico Mitsui e opera com a compra, venda e aluguel de vagões, locomotivas e peças, além de atividades relacionadas com operações ferroviárias. Com a aquisição das novas máquinas, a empresa mais que dobrará sua frota, passando das atuais 10 para 21 locomotivas.

Assessoria de Imprensa
(21) 2052-7294
(21) 96868-0832

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.