Black Friday começa hoje e deve movimentar mais de R$ 2 bilhões em todo o país

 

Em São Luís, muitas lojas devem participar das promoções, atraindo milhares de compradores.

 

Nesta sexta-feira (24) começa, em todo o Brasil, um período relativamente novo no calendário comercial do brasileiro: a Black Friday. A data, que é uma febre nos Estados Unidos, só começou a acontecer no Brasil em novembro de 2010 e, desde então, passou a ser usada por lojistas de todo o país para alavancar as vendas de fim de ano.

As promoções são variadas e se espalham em diversos setores: eletrônicos, vestuário, beleza, imobiliário e outros. De acordo com um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), três em cada 10 empresas brasileiras (35%) devem aderir à Black Friday.

Em São Luís, muitas lojas devem participar das promoções, atraindo milhares de compradores. Segundo uma pesquisa realizada pelo Serasa, três de cada 10 brasileiros deverão aproveitar o período para comprar.

Uma empresa de informações sobre o comércio brasileiro, a Ebit, também realizou uma projeção e estima que as vendas deste ano deverão superar os R$ 2 bilhões, com alta superior a 15% em  relação ao ano passado.

Ainda para alegria dos lojistas, de acordo com um estudo divulgado pelo Google no início do mês, os gastos devem ser altos este ano. A empresa projeta que os brasileiros deverão desembolsar uma quantia aproximada de R$ 1.071 nas compras deste fim de semana.

É preciso, no entanto, ficar atento às fraudes comuns no período da Black Friday, como alerta o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior. Ele foi o entrevistado da edição de ontem (23) do Bom Dia Maranhão e falou sobre como se esquivar de preços que parecem ter desconto, mas na verdade não têm.

“Para avaliar esse tipo de recurso fraudulento comumente usado por lojistas, estivemos realizando pesquisas de preço nos últimos meses para dar segurança jurídica aos clientes”, explica.

“Além disso, o Procon estará de plantão durante todo o fim de semana para dar mais conforto aos consumidores que eventualmente flagrarem fraudes na Black Friday”, destaca.

O primeiro dia de Black Friday já foi movimentado aqui na capital. Veja na reportagem de Layne Corrêa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ma10

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.